Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul RIO GRANDE DO SUL

IPE SAÚDE: Estado anuncia reajuste de até 64,13% na remuneração de médicos; veja como fica a coparticipação

Aumento no valor pago aos profissionais passa a valer em 1º de novembro, quando o instituto recebe as primeiras contribuições conforme as novas regras

Publicado em: 18.10.2023 às 11:33 Última atualização: 18.10.2023 às 11:33

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta quarta-feira (18) o reajuste dos honorários de consultas médicas e visitas hospitalares para profissionais que atendem pelo IPE Saúde. Também foi definido que, a partir do efetivo aumento de arrecadação pelo instituto, serão reajustados valores de outros procedimentos médicos.

CLIQUE AQUI PARA SIMULAR COMO FICA SUA CONTRIBUIÇÃO PARA O IPE SAÚDE


Sede do Instituto de Previdência do Estado, em Porto Alegre | Jornal NH
Sede do Instituto de Previdência do Estado, em Porto Alegre Foto: Ipe Saúde/Divulgação

No caso das visitas hospitalares, o aumento no repasse chega a 64,13%. Os médicos credenciados, que até então recebiam R$ 25,59 por paciente visitado, passarão a receber R$ 42 para cada visita realizada dentro do hospital. As consultas médicas realizadas em consultório terão um aumento de 20% em relação aos valores praticados atualmente.

Médicos que atendem na modalidade pessoa física e ganhavam R$ 62 passarão a receber R$ 74,40 por consulta. Já os profissionais que atendem como pessoa jurídica e ganhavam R$ 90 receberão R$ 108 para cada atendimento. Com a atualização, os valores pagos pelo IPE Saúde serão semelhantes aos praticados pelos planos de saúde privados.

A nova tabela de honorários médicos do IPE Saúde passa a valer a partir do dia 1º de novembro, quando o instituto recebe a primeira contribuição dos segurados conforme as novas regras do sistema.

Os honorários médicos relativos a outros procedimentos também serão atualizados nos próximos meses. Eles ainda estão em fase de estudo pelas áreas técnicas do IPE Saúde e serão definidos observando o efetivo aumento da receita que será percebido a partir da nova estrutura de financiamento.


Governador Eduardo Leite com o presidente do IPE Saúde, Paulo Afonso Oppermann, e o chefe da Casa Civil, Artur Lemos | Jornal NH
Governador Eduardo Leite com o presidente do IPE Saúde, Paulo Afonso Oppermann, e o chefe da Casa Civil, Artur Lemos Foto: Maurício Tonetto/Secom

A valorização dos profissionais que atendem pelo IPE Saúde, e o consequente aperfeiçoamento da assistência médica, é um dos pilares da reestruturação do instituto. Segundo o governo, "a melhoria é possível devido às alterações realizadas através da lei complementar 15.970/2023, proposta pelo governo e aprovada pela Assembleia".

Os valores de coparticipação em consultas e exames não foram alterados. Assim, o segurado segue contribuindo com valores que variam entre R$ 9 e R$ 28, de acordo com a faixa salarial. Os valores e faixas salariais podem ser consultados no site do IPE Saúde, clicando aqui.

Publicidade
Matérias relacionadas
Botão de Assistente virtual