Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região ESTADO DE GREVE

Câmara de Esteio aprova novo auxílio da prefeitura ao transporte público

Rodoviários estão rodando somente no horário de pico devido a atraso no pagamento do salário

Por Isabella Belli
Publicado em: 10.05.2022 às 22:19

Após os trabalhadores do transporte coletivo de Esteio entrarem em estado de greve, ficou decidido terça-feira (10) em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que a Prefeitura terá até o dia 12 para repassar ao Consórcio Transporte Esteio Urbano (C-teu) os subsídios dos meses de janeiro, fevereiro e março e que já no dia 13 o consórcio deve pagar os 50% do salário atrasado dos trabalhadores referente ao mês de abril.

Ônibus estão circulando somente em horário de pico
Ônibus estão circulando somente em horário de pico Foto: Adriano Rosa da Rocha/PME

No fim da tarde, a Câmara de Vereadores de Esteio aprovou em caráter de urgência e o prefeito Leonardo Pascoal deve sancionar em breve o projeto de lei que aumenta o valor do subsídio repassado ao C-teu. O valor corresponderá ao da tarifa praticada, multiplicada pelo número de beneficiários. A aprovação foi por unanimidade.

Em nota enviada pela assessoria de comunicação na tarde desta terça, a prefeitura afirma que há dois anos custeia o déficit no transporte coletivo da cidade. "Desde 2020 o Município de Esteio vem custeando, por meio de subsídio, o déficit da operação do transporte coletivo na cidade. Em 2022, mesmo com a manutenção do cenário deficitário, empresas e sindicato dos rodoviários, acordaram aumentos que impactaram em mais de 30% o custo da operação. Soma-se a isso o aumento de outros insumos, como o diesel. Esse cenário de irresponsabilidade levou à situação atual, com as empresas pagando apenas 50% do salário dos trabalhadores."

O consórcio foi procurado para dar um posicionamento sobre a situação, mas não retornou as tentativas.

Os passageiros podem verificar os horários das linhas no site www.realrodovias.com.br.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.