Publicidade
Notícias | Região Cercamento Eletrônico

Agentes receberam habilitação para atuar no Cercamento Eletrônico

Profissionais atuam junto ao Centro Integrado de Comando e Controle

Última atualização: 29.06.2020 às 11:23

atuam junto ao Centro Integrado de Comando e Controle Foto: PMC
A equipe que atua no monitoramento do Cercamento Eletrônico de Cachoeirinha recebeu reforço de novos agentes. São profissionais que atuam na Guarda Municipal, Guarda de Trânsito e na Brigada Militar e que estavam recebendo a habilitação para operar o sistema Digifort, software utilizado para a transmissão de imagens das 11 novas câmeras instaladas em Cachoeirinha. Os profissionais atuam junto ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que integra o Cercamento Eletrônico.
A compra dos equipamentos se deu através da destinação de R$ 18 milhões em emendas da bancada gaúcha no Congresso para a implantação da tecnologia em 36 municípios. As unidades de Cachoeirinha custaram R$ 488.652,23.
O Cercamento Eletrônico, além de coibir a criminalidade, auxilia na recuperação de veículos em situação irregular. No primeiro semestre de 2020, até quarta-feira, 24, foram 63 carros em situação de furto ou roubo identificados pelas câmeras que fazem a leitura das placas. Deste total, 38 veículos foram abordados em via pública pela Guarda Municipal ou pela Brigada Militar, sendo que dos veículos abordados, 20 foram recuperados e 18 foram identificados como ocorrência improcedente ou veículo já recuperado pelo proprietário sem a baixa no sistema. Em relação às abordagens, as recuperações representam uma taxa de 52% de eficiência com o suporte da tecnologia.
Conforme dados analisados pelo Observatório da Guarda Municipal, no acumulado de janeiro a maio de 2020, comparado com o mesmo período de 2017, antes da instalação do Cercamento, houve uma redução de 49% no roubo de veículos na cidade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.