Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Crianças e jovens

Começa campanha de vacinação contra o sarampo

Pessoas entre 5 e 19 anos são o foco da campanha

Última atualização: 11.02.2020 às 09:31

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas Foto: Paulo Pires/GES
A campanha nacional de vacinação contra o sarampo inicia nesta segunda-feira (10) uma nova etapa. Desta vez, o foco são crianças a partir de 5 anos até adultos de 19 anos. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (SES), a estimativa é de que 245 mil crianças e jovens nessa faixa etária não estejam protegidos contra a doença.

A campanha vai até 13 de março e é possível se vacinar em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Estratégias de Saúde da Família (ESFs), exceto UBS Nova Cachoeirinha, UBS 12h Odil Silva de Oliveira e UBS Getúlio Vargas. “Mesmo quem já se vacinou, mas está na faixa etária da campanha, pedimos que vá até as unidades de saúde para fazer o controle vacinal”, diz o secretário municipal da Saúde, Dyego Matielo.

A orientação do Ministério da Saúde é imunizar pessoas nessa faixa etária que não tenham tomado nenhuma dose da vacina ou que tenham recebido apenas uma dose, consideradas com esquema incompleto. Desde agosto do ano passado, 105 casos de sarampo foram confirmados no Rio Grande do Sul. Conforme a SES, cerca de um em cada quatro casos registrados no Estado foi em pessoas na faixa etária elencada para essa campanha.

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. O calendário básico de vacinação oferece duas vacinas contra o sarampo. A primeira é aos 12 meses de idade, com a tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. A proteção precisa ser completada aos 15 meses com uma dose da tetra viral, que imuniza para as mesmas três doenças mais a varicela (ou catapora). Além dessas duas doses, em virtude do surto da doença no Brasil, o Ministério da Saúde está recomendando uma dose extra para as crianças entre os 6 e 12 meses. Ela não substitui a primeira dose (aos 12 meses) e por isso é chamada de “dose zero”.

Dia D

O Dia D da vacinação contra o sarampo será neste sábado (15), dia em que a população encontrará as unidades de saúde abertas, exceto a UBS Nova Cachoeirinha, UBS 12h Odil Silva de Oliveira, UBS Getúlio Vargas e a ESF Otacílio Silveira. A meta da campanha é vacinar 95% da população na faixa etária do público-alvo. Em 2019, a cobertura vacinal ficou em 85%.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.