Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Habitação

Aberto o processo de regularização fundiária de 424 lotes do bairro Jardim Betânia

Moradores devem levar documentos pessoais como carteira de identidade e CPF além da carta de convocação emitida pela Prefeitura

Última atualização: 10.11.2019 às 15:31

Regularização de terrenos da Betânia está em pauta Foto: Divulgação
A reunião que dará início ao processo de regularização fundiária do bairro Jardim Betânia será nesta sexta-feira, dia 8, às 18 horas no Ginásio da Igreja São João Batista. O secretário de Assistência Social, Cidadania e Habitação (Smasch), Valdir Matos, explica que as 424 famílias foram convocadas. “Calculamos que 16 mil pessoas serão beneficiadas nesta regularização. O processo se dará através do Reurb e isentará os moradores das custas de cartório. Será um grande avanço em nosso município”, aponta o secretário Valdir.

Os moradores convocados devem levar os documentos pessoais como Carteira de Identidade e CPF além da carta de convocação emitida pela Prefeitura. Segundo o secretário, a Smasch trabalha no processo de regularização destes lotes há mais de um ano. “Nesta sexta faremos a coleta de documentos. Assim que finalizarmos esta fase, poderemos iniciar a confecção dos contratos e emitir o carnê de pagamento”, justificou o secretário.

A regularização fundiária é um conjunto de medidas que visam a regularização de lotes no bairro Jardim Betânia. “Este processo vai muito além de regulamentar a moradia desta comunidade. Ele trará dignidade a estas famílias que aguardam por esta oportunidade há muitos anos. Em contrapartida, teremos um melhor aproveitamento dos recursos de impostos retornarão para o bairro através de melhores serviços”, destaca o prefeito Miki Breier.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.