Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Novo Hamburgo TRÂNSITO

Fiscalização com radar móvel teve poucos flagras de excesso de velocidade em Novo Hamburgo

Desde a manhã de quarta-feira até o fim da tarde desta quinta, foram flagrados sete veículos acima do limite de velocidade

Por Eduardo Amaral
Publicado em: 05.05.2022 às 17:24 Última atualização: 05.05.2022 às 21:13

Nos dois primeiros dias de funcionamento, a fiscalização com uso de radar móvel em Novo Hamburgo aplicou apenas sete autuações para motoristas que trafegavam acima da velocidade permitida. Todas as elas foram feitas na tarde desta quinta-feira (5), quando o equipamento foi instalado na Avenida Presidente Lucena, no bairro Petrópolis, e fiscalizou 660 veículos.

Equipamento foi instalado na Avenida Presidente Lucena, no bairro Petrópolis, na tarde desta quinta-feira, onde foram feitas todas as autuações por excesso de velocidade
Equipamento foi instalado na Avenida Presidente Lucena, no bairro Petrópolis, na tarde desta quinta-feira, onde foram feitas todas as autuações por excesso de velocidade Foto: Eduardo Amaral/GES-Especial
O primeiro dia de funcionamento do radar móvel foi curto, cerca de duas horas instalado na Avenida Nações Unidas, na altura do bairro Rio Branco, durante a manhã de quarta-feira (4). O pouco tempo de uso se deu em razão da chuva, que impediu a continuidade da fiscalização. "O agente aproveitou o momento em que não estava chovendo para instalar o radar, mas depois precisou desmontar", explicou o comandante da Guarda Municipal, Ricardo Carvalho.

Mas mesmo com um período curto de utilização, Carvalho avaliou positivamente as primeiras horas de atuação com o equipamento. "Foi muito bom no caráter educativo, pois não produziu nenhum autuação, um sinal de que os motoristas estavam respeitando a velocidade limite da via."

Resultado semelhante foi registrado na manhã de quinta-feira, quando o radar foi posicionado na Estrada Germano Friedrich, na altura do bairro Operário.

O uso do radar móvel tem como principal objetivo inibir o excesso de velocidade. A tendência dos motoristas é reduzirem naturalmente a velocidade nos locais onde há o equipamento. "Uma vez que o condutor sabe, mediante o portal da Prefeitura e até mesmo avistando o agente e/ou o equipamento, que há fiscalização, a tendência é ele reduzir naturalmente a velocidade na via, com isso preservando vidas", destaca a Secretaria Municipal de Segurança.

Para escolher os locais onde o radar será instalado diariamente são levados em conta os indicadores de acidentes nas vias a partir de dados do Observatório da Segurança de Novo Hamburgo, além do fluxo dos usuários da via.

No site da Prefeitura são divulgadas as ruas onde o equipamento será instalado ao longo da semana.

Dificuldades na chuva

Inicialmente, o plano era que o radar começasse a funcionar na terça-feira (3), porém, devido a chuva que atingiu a cidade não foi possível utilizar o equipamento. Este, aliás, é um dos entraves, já que o radar não poderá ser usado em dias de chuva. O radar chegou a ser testado na manhã do mesmo dia, na Avenida Nicolau Becker, no bairro Guarani, sem registrar motoristas trafegando acima da velocidade.

O equipamento utilizado no Município

O equipamento adotado usa um transmissor e um receptor de ondas de rádio. Ele é direcionado à placa de identificação do veículo e ao ser acionado emite sinal em direção ao mesmo. Esse sinal é refletido com uma diferença na frequência e então é novamente capturado pelo radar, que então faz a leitura baseado na diferença de frequência. A placa do veículo é capturada pelo sistema por software de reconhecimento de caracteres.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.