Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Especial Coronavírus perigo

Princípio de incêndio revela fábrica clandestina de álcool em gel em Cachoeirinha

Produção funcionava sem qualquer licença no bairro Jardim Bethânia. Proprietário já teve fábrica interditada também em Gravataí

Por Eduardo Torres
Última atualização: 25.03.2020 às 14:59

Fábrica clandestina não contava com nenhuma licença para a produção de álcool em gel Foto: Divulgação/PMC
Um princípio de incêndio em um galpão na Rua Xangri-la, bairro Jardim Bethânia, em Cachoeirinha, levou os bombeiros a descobrirem, na noite desta terça (24), uma fábrica clandestina da álcool em gel na cidade. Não houve feridos no incêndio, que foi controlado por volta das 22h50min. A Brigada Militar e a Guarda Municipal foram chamados ao local e o local foi interditado.

Na primeira averiguação, os bombeiros constataram que o local não contava com PPCI nem licença para operação com este tipo de produção. O caso foi encaminhado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico para abertura de um processo administrativo.

Ouvido no local, o proprietário da fábrica clandestina, de 62 anos, afirmou que tem uma fábrica registrada em Gravataí, mas já interditada pela fiscalização sanitária do município vizinho. Segundo ele, este teria sido o motivo para instalar a produção em Cachoeirinha.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.