Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Especial Coronavírus Prevenção

Com intensa procura pela vacina da gripe, 4 cidades da região esgotam as doses no 1º dia

Nesse momento, a vacinação é destinada a idosos com 60 anos ou mais e profissionais da área da saúde e segue até o dia 15 de abril

Por Bruna Mattana
Última atualização: 24.03.2020 às 08:02

Ivanor Valério Maggioni aproveitou o primeiro dia de vacinação e ontem, pouco antes das 10h30, já havia sido imunizado Foto: Bruna Mattana/GES-Especial

A vacinação contra a gripe começou ontem e, em alguns municípios como Dois Irmãos, Ivoti, Taquara e Parobé, as doses esgotaram já no primeiro dia. Nesse momento, a vacinação é destinada a idosos com 60 anos ou mais e profissionais da área da saúde e segue até o dia 15 de abril. A partir do dia 16, começa a imunização do segundo grupo prioritário. A campanha iniciou mais cedo este ano, no intuito de facilitar o diagnóstico da Covid-19. Em Dois Irmãos, devido à grande procura, o primeiro lote da imunização se encerrou ainda na manhã de ontem. O município recebeu mil doses da vacina que combate o vírus Influenza, sendo que precisa imunizar, ao todo, nessa primeira fase, cerca de três mil pessoas. Ainda não há previsão, no entanto, de quando devem chegar as novas doses, de acordo com a assessoria de imprensa do município.

Leia aqui todas as notícias sobre o coronavírus

A situação se repetiu em Parobé. No início da tarde desta segunda-feira, as duas mil doses destinadas ao município já haviam acabado. Para vacinar o grupo prioritário, o município precisa de cinco mil doses. A prefeitura informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que essa semana deve receber novas doses.

Em Ivoti a imunização contra a gripe começou mais cedo. No último sábado, 687 pessoas receberam a vacina e, na manhã de ontem, outras 313 foram imunizadas, acabando com as mil doses recebidas pelo município. Cerca de seis mil pessoas compõem o grupo prioritário da cidade. Novas doses devem chegar entre hoje e amanhã, segundo a assessoria.

Em Taquara, as vacinas se encerraram na tarde de ontem. O município recebeu três mil doses, mas espera vacinar 7.308 idosos e 934 profissionais da saúde. "Recebemos uma procura extraordinária nesta segunda-feira. Somente na Rua Coberta foram aplicadas 500 doses", destaca o secretário municipal de Saúde, Vanderlei Vili Petry.

Poucas doses

Estância Velha já percebe a falta da vacina. Foram recebidas duas mil doses neste primeiro momento. O município espera vacinar 4.023 idosos e 723 trabalhadores da saúde. "Essas doses foram distribuídas em todas as unidades de saúde. Em algumas ainda tem um pouco, em outras já acabaram", informou a prefeitura, em nota.

Campo Bom espera vacinar aproximadamente sete mil pessoas apenas no grupo prioritário. O município recebeu três mil doses e deve receber mais até o final dessa semana. Os idosos serão vacinados em casa. Profissionais de saúde deverão se dirigir à UBS Celeste, na Avenida Gustavo Vetter, 105.

*Colaborou Ermilo Drews

Imunização em casa

Para evitar que idosos se aglomerem em locais de vacinação contra a gripe, a prefeitura de Campo Bom definiu duas estratégias. Profissionais da Secretaria de Saúde vacinarão os idosos por meio de dez equipes volantes que atuarão nas áreas de cobertura de Estratégia de Saúde da Família. "É importante que todos aguardem em suas casas", recomenda o prefeito Luciano Orsi. Além disso, a Secretaria de Saúde realiza, das 8h30 às 17 horas, junto ao estacionamento do Teatro do CEI, a vacinação através do sistema "drive-thru". "O pessoal chega e é vacinado dentro dos carros", explica o prefeito. O fluxo se dará com acesso pela Avenida dos Estados e saída pela Avenida Brasil. No CEI a vacinação será somente para aqueles que não fazem parte das áreas cobertas por Estratégia de Saúde da Família. Os moradores que não se encaixam em nenhuma ESF da cidade também serão vacinados pela equipe volante. Os idosos podem fazer contato com a Unidade de Saúde Paulista (3597-3000) ou Celeste (3597-7098) para informar nome e endereço.

990 mil

doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) ao Estado.

Em Campo Bom, prefeitura pede aviso na porta

Moradores devem pendurar uma toalha branca na porta de casa para informar se no local há pessoas do público-alvo da campanha

Novo Hamburgo vacina nas escolas

Em Novo Hamburgo a procura pela vacina foi intensa em escolas e UBSs. Na Escola Cecília Meireles, na manhã de ontem, a imunização começou às 8h30 e, por volta das 10 horas, já haviam sido aplicadas 140 doses. O construtor aposentado Ivanor Valério Maggioni, 67 anos, estava entre eles. "Minha esposa e eu sempre procuramos nos vacinar logo no primeiro dia. A vacina realmente ajuda na prevenção", salienta. O município espera vacinar 30 mil pessoas, entre idosos e profissionais da saúde, sendo que, até o momento, recebeu dez mil doses da vacina, segundo o secretário municipal de saúde, Naasom Luciano.

A vacinação está mantida, mas o Município aguarda mais doses para breve. O importante a ressaltar é que os idosos não precisam ter pressa. A campanha segue até abril. E esta vacina não proteje contra o coronavírus.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.