Publicidade
Notícias | Cachoeirinha Infraestrutura

Ecopontos serão reformados para facilitar a separação e a destinação dos materiais

Serão feitas divisórias estilo baias, onde cada material terá um destino, o que gera economia e facilita a reciclagem e o reaproveitamento dos materiais

Última atualização: 22.05.2020 às 09:30

Ecopontos serão reformados para facilitar a separação e a destinação dos materiais Foto: Larissa Ribeiro
Os dois ecopontos de Cachoeirinha serão reformados para facilitar a separação e a destinação dos materiais, tais como caliças, madeira, resto de podas e de obras, utensílios domésticos, móveis e entulhos. Inicialmente, será desativado o ecoponto da Granja Esperança, na Rua Ary Rosa dos Santos, 131, para a reforma do local. Todo recebimento de material deve ser transferido para o ecoponto da Rua Lindolfo Wagner, s/n, atrás do Shopping do Vale. Assim que for reformado, o ecoponto da Granja será reativado, o que deve acontecer nas próximas semanas. Depois será o processo inverso, para reformar o ecoponto da zona sul.

O secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Cláudio Pinheiro, explica que serão feitas divisórias estilo baias, onde cada material terá um destino. “Teremos uma economia de trabalho e de custo com a destinação destes materiais. Cerca de 90% dos materiais deixados nos ecopontos são recicláveis ou reaproveitáveis”, aponta o titular da pasta. A Secretaria também contará com um técnico agrícola para trabalhar na recuperação dos ecopontos.

A reforma nos ecopontos será realizada com recursos próprios da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos e com a mão de obra dos servidores da pasta. A previsão é que sejam instalados mais dois ecopontos na cidade, com os locais ainda em estudo. “Nós não paramos desde que a pandemia iniciou, seguimos trabalhando 24 horas por dia, para entregar e manter melhorias no município”, complementa o secretário.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.