Publicidade
Acompanhe:
Esportes | Inter Partida fraca

Faltou inspiração aos dois melhores times do Gauchão

Inter preservou titulares para a pré-Libertadores e colocou em campo a garotada, mas manteve a liderança do Grupo A pelos critérios

Por João Victor Torres
Última atualização: 01.02.2020 às 21:43

Colorado teve pouquíssima inspiração técnica na partida Foto: Ricardo Duarte/Inter
Ypiranga e Inter tinha todos os elementos para se configurar como a melhor partida da primeira fase da Taça Ewaldo Poeta, pois estariam em campo os únicos dois clubes com até então 100% de aproveitamento na competição, mas isto não se confirmou. Os dois clubes começaram o jogo válido pela penúltima rodada da primeira fase sabendo que, independentemente do placar da noite deste sábado (1º), já estavam classificados à semifinais do Estadual. Isto ocorreu com a vitória do Pelotas sobre o Juventude, por 1 a 0, mais cedo. Com isso, o Colorado e o Canarinho  apenas para cumpriram tabela.

O confronto – como bom jogo de compadres – terminou num 0 a 0 morno. Na etapa final, empurrado pela torcida e tentando fazer valer o fator local, o Ypiranga até tentou se postar com mais força no setor ofensivo. Marcelo Lomba, que era o único titular em campo, precisou sujar o uniforme e trabalhar em algumas intervenções. Antes disso, nos 45 minutos iniciais, quem teve a melhor oportunidade foram os visitantes. E, vejam só, até nisso os dois líderes do Grupo A encerraram o duelo em pé de igualdade.

Parte do frágil desempenho rubro se justifica pelo desentrosamento. O técnico Eduardo Coudet colocou em campo a garotada para pegar ritmo, mas a preservação dos titulares passa diretamente pelo duelo decisivo desta terça-feira (5), fora de casa, diante da Universidad de Chile pela pré-Libertadores. O confronto é chave, pois o Inter terá de buscar um bom resultado longe de seus domínios para ter mais tranquilidade na volta. Em função disso, joias da base que brilharam na Copa São Paulo, vencida pelo time sub-20, entraram em campo. Casos de Praxedes e Guilherme Pato. Além disso, o recém-chegado Gabriel Boschilia fez sua estreia com a camisa vermelha.

Com o escore desta noite, ambos permanecem empatados com 10 pontos na ponta da tabela da chave. O Inter lidera por ter maior saldo de gols na comparação com o adversário de Erechim. Na última rodada, marcada para o próximo fim de semana, apenas estará em jogo a definição do primeiro lugar do grupo. O Colorado enfrentará o Novo Hamburgo, no Beira-Rio, às 17 horas de sábado (8). Já o Ypiranga viaja até Caxias do Sul para encarar o Juventude, domingo (9), às 16 horas.

O jogo

Ypiranga (0)

Deivity; Muriel, Saimon, Diogo Silva e Henrique Ávila; Henrique Schwarzer, Clayton, Zotti (Pedrinho), Leílson (Tárik); Jean Silva e Neto Pessoa (Fernandinho). Técnico – Paulo Henrique Marques.

Inter (0)

Marcelo Lomba; Heitor, Pedro Henrique, Zé Gabriel e Uendel; Johnny, Nonato, Boschilia (Guilherme Pato), Marcos Guilherme (Netto) e Sarrafiore (Praxedes); Thiago Galhardo. Técnico – Eduardo Coudet.

Detalhes

Estádio – Colosso da Lagoa, em Erechim. Arbitragem – Eder Davi Zanella, auxiliado por Michael Stanislau e Claiton Timm.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.