Publicidade
Esportes | Grêmio Classificado

Grêmio empata em 0 a 0 e garante classificação às oitavas da Copa do Brasil

Jogo de ida foi de vitória gremista por 2 a 0, na Arena e, fora, garantiu o empate sem gols contra o Brasiliense

Por Matheus Beck
Publicado em: 10.06.2021 às 15:27 Última atualização: 10.06.2021 às 20:08

Kannemann completou 200 jogos

Nas oitavas! Com tranquilidade, posse de bola, bola no chão e regulamento debaixo do braço, o Grêmio garantiu a classificação na Copa do Brasil. Fora de casa, diante do Brasiliense, empatou em 0 a 0, criou algumas chances e, principalmente, administrou a partida sem correr riscos. Agora, a equipe aguarda o sorteio da CBF para saber quem será o próximo adversário na competição. E antes de pensar na busca pelo hexa, o Tricolor vai a campo contra o Athletico Paranaense, no domingo, às 16 horas, na Arena.

Panorama

O Tricolor entrou em campo nesta tarde de quinta-feira (10), no Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga. Pela terceira fase da Copa do Brasil, buscava confirmar a classificação diante do Brasiliense. No duelo de ida, na Arena, venceu por 2 a 0. Assim, poderia até mesmo perder por um gol de diferença que seguiria vivo e nas oitavas de final. As principais novidades estavam fora de campo. Recuperado da Covid-19, o técnico Tiago Nunes voltou ao comando do time e teve seus principais jogadores à disposição.

O jogo

E a bola rola na capital brasileira. O início de partida é das equipes se estudando em tarde, diferentemente do Rio Grande do Sul, ensolarada. Disputado, mas ainda com poucas chances criadas, o jogo pausou aos 18 minutos por questões médicas. O goleiro Sucuri, que foi um dos destaques no jogo de ida, torceu o tornozelo. Ainda em campo, recebeu atendimento médico, atadura para a proteção do pé e retornou ao jogo. Com tranquilidade, sem correr riscos e administrando a partida, o Grêmio joga com o regulamento debaixo do braço e aproveita a vantagem obtida no jogo de ida. E o lance mais perigoso ocorreu justamente aos 46 minutos de primeiro tempo. Em falta cobrada por Zé Love, a bola esbarrou na zaga gremista e Paulo Victor defendeu com o corpo, em bola que foi na sua direção. No lance, os jogadores do Brasiliense pediram pênalti.

Instantes depois a primeira etapa se encerrou. O Tricolor teve quase 60% de posse de bola, controlou a partida e administrou o resultado de 0 a 0 que o leva para as oitavas de final.

E com duas mexidas, o Grêmio voltou a campo. Ferreirinha e Diego Souza são as novidades desta segunda etapa. Jogo, dessa vez, com mais posse de bola do Brasiliense, apesar dos poucos sustos. Aos 9 minutos, de muito longe, Sandy finalizou. A bola ainda desviou na zaga, mas Paulo Victor defendeu com tranquilidade. Aos 11 minutos, em cruzamento de Zé Love, Luquinhas bateu forte para fora.

A primeira chegada perigosa do Tricolor ocorreu aos 13 minutos. Diego Souza cruzou do lado direito e Ferreira cabeceou cruzado, levando perigo para o Sucuri. Aos 25 minutos, novamente Ferreira assustou. O jogador recebeu do lado esquerdo e fez o tradicional corte para dentro da área antes de finalizar sobre o gol. Aos 31 minutos, instantes depois de ter levado cartão amarelo por reclamação, Zotti subiu para cabecear com o braço alto e foi expulso da partida.

Com mexidas nos dois times e um a mais para os gremistas, o time de Tiago Nunes avançou. Aos 33 minutos, Ferreira chutou forte, da entrada da área e a trave salvou o Brasiliense. Aos 42 minutos, nova boa chance gremista. Depois de bom cruzamento de Ferreira, a zaga rebateu mal e Bobsin, recém egresso, bateu com força em bola que parou no peito do goleiro Sucuri.

Quinta-feira (10) / 15h30 / Boca do Jacaré, em Taguatinga.

Árbitro: Wanderson de Sousa, auxiliado por Felipe de Oliveira e Ricardo de Souza. Transmissão: SporTV, Rádio ABC 103.3 e Pay-per-view.

Brasiliense

Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu; Lídio (Tobinha), Sandy (Wagner Balotelli), Peninha (Carlos Eduardo), Zotti e Luquinhas; Zé Love (Victor Rangel). Técnico: Vilson Taddei.

Grêmio

Paulo Victor; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva (Maicon) e Jean Pyerre (Luiz Fernando); Jhonata Robert (Bobsin), Léo Chú (Ferreira) e Ricardinho (Diego Souza). Técnico: Tiago Nunes.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.