Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Meningocócia

Em menos de 4 meses, RS já tem mais da metade das mortes por meningite do que 2018

Bebê de São Leopoldo está na UTI sob suspeita da doença
18/04/2019 13:42

Em menos de quatro meses, o Rio Grande do Sul já teve mais da metade das mortes por meningite meningocócica do que todo o ano passado. Até o dia 13 de abril de 2019, foram registrados 14 casos da doença e três mortes, já em 2018, foram 16 ocorrências e cinco óbitos, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Os sorotipos responsáveis pelas mortes foram o C, que tem vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o B, com imunização apenas na rede privada, com dose em torno de R$ 600. O terceiro caso não teve o tipo identificado nem a cidade informada pela SES.

Duas mortes ocorreram em São Leopoldo entre os meses de março e abril. As vítimas foram um bebê e uma adolescente. Um bebê de 11 meses foi internado com suspeita da doença, confirmou ontem a Secretaria de Saúde de São Leopoldo (Semsad). De acordo com a SES, o caso está em investigação e amostra está em análise no Laboratório Central do Estado. "Por medida preventiva, a criança foi encaminhada para a UTI pediátrica do Hospital Regina para que pudesse ficar em isolamento. Também por prevenção, os familiares da menina já receberam tratamento quimioprofilático (com antibióticos)".

Casos

2019
14 casos (3 óbitos):
8 casos tipo C (1 óbito)
3 casos tipo B (1 óbito)
1 caso tipo Y/W
2 sem identificação de sorogrupo (1 óbito)

2018
16 casos (5 óbitos):
9 casos tipo C (2 óbitos)
4 casos tipo B (2 óbitos)
3 sem identificação de sorogrupo (1 óbito)

Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE