Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul

Secretaria mantém alerta sobre os cuidados contra a dengue no outono

No ano, já são 27 casos confirmados de dengue autóctone, que é quando o vírus é transmitido dentro do Estado
30/03/2019 03:00 30/03/2019 19:46

Mesmo após o término do verão, a Secretaria da Saúde mantém o alerta para os cuidados de prevenção contra a dengue, zika e chikungunya. A principal ação é evitar o acúmulo de água parada, que é onde o mosquito transmissor das doenças, o Aedes aegypti, se reproduz.

No ano, já são 27 casos confirmados de dengue autóctone, que é quando o vírus é transmitido dentro do Estado. Outros 27 casos importados também foram registrados, nesse caso, o residente do Rio Grande do Sul pegou a doença em outro estado. A transmissão da dengue, zika e chikungunya ocorre pela picada do Aedes aegypti. O inseto para se reproduzir, precisa de locais com água parada, onde deposita os ovos. Por isso, o cuidado para evitar a sua proliferação busca eliminar esses possíveis criadouros.

Principais sintomas da dengue são: febre alta (maior que 38,5°C); dores musculares intensas; dor ao movimentar os olhos; mal-estar; falta de apetite; dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. Ao apresentar sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Os casos registrados de dengue neste ano representam aumento em relação a 2018. Em 2019, os casos de autoctonia estão concentrados nas regiões missioneira e Norte, com 17 registros positivos em 11 municípios (Cândido Godói, Erechim, Erval Seco, Ijuí, Marau, Panambi, Santa Rosa, Santo Ângelo, Santo Antônio das Missões, São Borja e Tenente Portela). Os demais 10 aconteceram na Região Metropolitana, com oito casos em Porto Alegre e um em Glorinha e um em Ivoti.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE