Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
PUBLICIDADE
Saneamento

Recolhimento para e o lixo se acumula nas ruas de Cachoeirinha

Prefeitura promete normalizar o recolhimento dos contêineres até a noite de quarta (11). Empresa que teve o contrato rescindido com o município parou de recolher na última quinta (5).
10/09/2019 10:23

Foto por: Arquivo Pessoal
Descrição da foto: Na Rua Santo Ângelo, contêiner transbordou e vizinhos de ruas próximas carregaram seus lixos até ali
Desde o final de semana, o lixo de Cachoeirinha se acumula ao redor de contêineres lotados e sem recolhimento. A empresa Cone Sul, que teve o seu contrato rescindido pela prefeitura no final de agosto, fez o último recolhimento, e de apenas 19 contêineres, na última quinta (5), e paralisou o serviço. Diante do caos, uma reunião no começo da manhã desta terça (10) determinou que Cone Sul voltará às ruas e, até a noite de quarta (11) promete regularizar a coleta dos contêineres.

"O contrato foi rescindido, e o compromisso era de que deveriam cumprir o serviço até o dia 23 deste mês. Não sabemos o motivo para terem paralisado, por isso notificamos a empresa e nos reunimos com eles", explica o secretário municipal de Serviços Urbanos, Brinaldo Mesquita.


Pior para quem vê a sujeira acumular. Na Rua Santo Ângelo, por exemplo, os moradores carregaram o lixo até o único contêiner que permanece naquele local, que transbordou. Na manhã desta terça (10), até mesmo moradores de ruas vizinhas foram vistos levando o material até ali. No bairro Parque da Matriz, moradores relatam estar "estocando" o lixo em casa depois de os equipamentos também esgotarem a capacidade.

Ao todo, são 940 contêineres espalhados pela cidade, e a nova empresa contratada emergencialmente, a EPPO Saneamento Ambiental, já tem 250 novos contêineres estocados na secretaria. Ainda não há uma data definida para que inicie o serviço, substituindo a Cone Sul.

Foto por: Divulgação/PMC
Descrição da foto: Novos contêineres já estão na secretaria
No final da tarde de segunda (9), a secretaria até iniciou um plano emergencial, autorizando a empresa Urban, responsável pela coleta manual, a atuar nos pontos onde há os equipamentos de coleta mecanizada. Parte da Vila Eunice chegou a ser limpa, mas, de acordo com o secretário, não foi preciso estabelecer um cronograma para toda a cidade. A coleta manual, no entanto, atenderá às áreas da Avenida Flores da Cunha e parte da Vila Eunice Velha, já que nestes locais, a Cone Sul recolheu seus contêineres na última semana.

A rescisão do contrato foi publicada no Diário Oficial de Cachoeirinha na última semana de agosto, atendendo à recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que reprovou mais uma renovação de contrato com a Cone Sul, depois de 60 meses atuando nas ruas de Cachoeirinha. Na semana passada, foi homologada a contratação emergencial da EPPO, com um prazo de até 30 dias para iniciar o serviço.

Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE