Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
PUBLICIDADE
Alerta da meteorologia

Tempo seco e ar frio 'seguram' a poluição e deixam ar inadequado na região

Meteorologista diz que somente chuva ou vento forte para ajudar a limpar a atmosfera
11/07/2019 11:04 11/07/2019 11:11

Foto por: Daniel Fleck/Especial
Descrição da foto: Amanhecer desta quinta-feira em Novo Hamburgo
A MetSul Meteorologia alerta para a qualidade do ar que está de "regular a inadequada" na manhã desta quinta-feira (11). Segundo a meteorologista da MetSul, Estael Sias, a condição deve seguir até amanhã ou sábado, quando há previsão de aumento do vento e chuva. 

O problema está relacionado aos vários dias de tempo seco, com ar frio. "O ar frio, por ser mais denso, fica mais concentrado na superfície, e nesses dias de estabilidade do ar, não há muito movimento do vento na atmosfera, então a concentração de poluentes vai aumentando a cada dia que passa na atmosfera. É preciso vento forte para ajudar a limpar o ar ou chuva", explica.

Segundo Estael, essa concentração de poluentes maior, que deixou a qualidade do ar inadequada, está relacionada à condição meteorológica de tempo firme, pouco vento, de estabilidade da atmosfera. "Isso é muito comum, uma condição típica de inverno, principalmente no centro do País, onde não chove as vezes 40 ou 50 dias, a situação de São Paulo, por exemplo, que tem essa estabilidade da atmosfera: vento calmo, ar seco e frio, que concentra toda a poluição próximo à superfície, que é onde tem as medições de qualidade do ar", salienta.

Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE