Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Decisão para o Grêmio

Sangue novo para buscar a primeira vitória na Libertadores

Tricolor recebe o Rosario Central nesta quarta-feira, a partir das 21h30, na Arena
09/04/2019 16:55

Foto por: Lucas Uebel/Grêmio
Descrição da foto: Volante Matheus Henrique deve ganhar nova chance no time titular
O Grêmio precisa triunfar na noite desta quarta-feira, a partir das 21h30, contra o Rosario Central, na Arena, para manter vivas as chances de classificação às oitavas de final da Libertadores da América. O Tricolor é o terceiro colocado do Grupo H, com apenas um ponto, e busca a sua primeira vitória na copa continental diante dos argentinos que estão praticamente na mesma situação na chave. Para alcançar os três pontos, o técnico Renato Portaluppi deve mandar a campo "sangue novo" com a manutenção de Matheus Henrique e Jean Pyerre na equipe titular, até mesmo devido ao afastamento de Luan para cuidar da parte física.

O adversário tricolor não vem em boa fase, e praticamente deixou a Libertadores de lado ao vir para Porto Alegre sem seis titulares da equipe. O foco do clube argentino seria a Supercopa, marcada para o dia 2 de maio, contra o Boca Juniors. Em 2019, o Rosario venceu apenas uma partida.

Apesar da situação delicada na tabela, o presidente Romildo Bolzan Jr. acredita numa possível classificação. "O Grêmio vai fazer seu resultado na quarta-feira e tem a expectativa, basta um tropeço da Universidad Católica, desde que o Grêmio confirme suas partidas, para voltarmos a ficar viáveis. Se não ganhar, estamos fora. Estamos aqui para fazer isso acontecer", destacou o dirigente, que confia no trabalho e no poder de reação da equipe comandada por Renato Gaúcho.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE