Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Curso da CBF

Mudança de data de jogo ajuda Renato Portaluppi

Treinador fará curso da CBF e vai perder jogo com o Brasil-Pel, partida contra o Veranópolis foi adiada e Renato poderá comandar o time nesse duelo
04/02/2019 21:39 04/02/2019 21:42

Foto por: Lucas Uebel/Grêmio
Descrição da foto: Treinador gremista perderá apenas um jogo do Gauchão
A troca da data do jogo entre Grêmio e Veranópolis, pela oitava rodada do Campeonato Gaúcho, foi positiva para o Tricolor e para o técnico Renato Portaluppi. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) anunciou nesta segunda-feira (4) que a partida passou do dia 23 para o dia 25 de fevereiro. Com isso, o treinador tricolor, que estará fazendo o curso da CBF para treinadores, de 15 a 24 de fevereiro, perderá apenas um jogo do Estadual.

"Nunca falei que não iria fazer o curso, só que não faria nas minhas férias. Mas não tem problema, sabia que teria a brecha em fevereiro. Já combinei, vou perder dois jogos aqui, Brasil de Pelotas e Veranópolis, mas o Victor (Hugo Signorelli, auxiliar técnico) vai fazer os jogos, até porque o Alexandre (Mendes, auxiliar) vai comigo", disse Renato após a vitória sobre o Caxias. Com a mudança de data, ele perderá apenas o jogo com o Brasil-Pel, no dia 17.

Renato deixou de fazer o curso da licença PRO no final do ano, quando estava de férias e agora terá que tirar a licença A, uma antes da PRO. Para 2019, a exigência da CBF é que todos os treinadores da Série A tenham pelo menos a Licença A. "Está tudo acertadinho", afirmou Renato Portaluppi, sobre sua ida para fazer o curso.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE