Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Copa América

Tite comanda treino no Pacaembu e Arthur preocupa

Seleção brasileira estreia na competição contra a Bolívia, na sexta-feira, e o volante corre o risco de ser cortado
11/06/2019 20:31 11/06/2019 20:32

Foto por: Lucas Figueiredo/CBF
Descrição da foto: Tite durante conversa com os atletas no treino desta terça-feira
A seleção brasileira masculina de futebol realizou o treinamento no Estádio do Pacaembu, na tarde desta terça-feira (11). O técnico Tite acerta os últimos detalhes da equipe antes da estreia na Copa América. O primeiro compromisso do Brasil pela competição será às 21h30 de sexta-feira (14), quando a equipe enfrenta a seleção da Bolívia. A maior preocupação é com o volante Arthur, ex-Grêmio e atualmente no Barcelona, que sofreu uma pancada no joelho durante o amistoso contra Honduras. Ele passou por exames, não treinou e deve ficar de fora da estreia na Copa América. O risco de corte, que pode ocorrer até a noite de quinta (13), existe.

Tite inicialmente havia programado um treino aberto por apenas 30 minutos nesta terça, mas depois liberou a presença da imprensa durante toda a atividade. Os jogadores realizaram um trabalho com ênfase ofensiva, cujo objetivo era trocar passes rápidos e superar as linhas de marcação simuladas por estacas no gramado. A orientação da comissão técnica foi para dar velocidade nos lances, em uma tentativa de reproduzir o sistema de marcação da Bolívia.

Em outra parte do gramado, a linha de defesa reserva realizou atividades táticas de posicionamento e marcação. Fizeram parte deste grupo o lateral-direito Fagner, os zagueiros Éder Militão e Miranda, assim como o lateral-esquerdo Alex Sandro. A seleção brasileira contou ainda no trabalho com a presença de seis jogadores das categorias de base do Corinthians.

A equipe volta aos trabalhos na tarde desta quarta (12), no Pacaembu, mas sem a presença dos jornalistas, em atividade que deve servir para definir a formação titular para a partida de sexta-feira. O último treino antes da partida será na quinta, no início da noite, no estádio do Morumbi.

Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE