Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Falta de água

Miki cobra solução da Corsan para as constantes faltas d'água

Prefeito esteve na sede da companhia nesta sexta-feira (8) para tratar do assunto
08/02/2019 16:08 08/02/2019 16:08

Foto por: Fernando Planella/Divulgação
Descrição da foto: Prefeito Miki esteve na presidência da Corsan na última sexta
O prefeito de Cachoeirinha Miki Breier se reuniu com o presidente da Corsan, Jorge Melo, para tratar das constantes faltas de água que vêm afetando o município, principalmente desde o final de janeiro. De acordo como chefe do Executivo, o encontro foi produtivo. “O presidente e o diretor de operações Eduardo Carvalho nos apresentaram o que vem acontecendo no município nos últimos dias e que provocaram as constantes faltas de água. Cobramos mais agilidade na troca da tubulação que está velha no município e pedimos atenção especial à questão do gerador, pois sempre que falta luz em Canoas, o abastecimento da nossa cidade sofre. Eles nos garantiram que estão avaliando”, disse.

Nas últimas semanas, algumas situações pontuais causaram interrupções no fornecimento de água, atingindo a cidade. Desde a manhã da quarta-feira, dia 6, as equipes da Corsan trabalharam continuamente para solucionar um problema de abastecimento no bairro Parque da Matriz.

De acordo com a Corsan, foram buscados vazamentos não aparentes, inclusive com a contratação de mergulhadores. A normalização do serviço ocorreu na manhã desta sexta-feira.

Outra situação foi causada por obra realizada pela Aeronáutica na Base Aérea de Canoas, onde a tubulação da Corsan foi rompida três vezes consecutivas, comprometendo a distribuição de água para Cachoeirinha e Gravataí.
Problemas pontuais como falta de energia elétrica também podem comprometer o sistema, pois prejudicam bombeamentos, impedindo o adequado funcionamento.

Cobrança na Agergs

Acompanhado dos diretores de Operações, Eduardo Carvalho, e de Inovação, Relacionamento e Sustentabilidade, Jean Bordin, o presidente da Corsan informou sobre as diferentes ações que foram implementadas nos últimos anos para ampliar a segurança do abastecimento, como duplicação de sistemas de bombeamento, adutoras e instalações de energia elétrica. Acrescentou que avaliará as solicitações com a maior brevidade possível e retornará com as iniciativas necessárias para a resolução das demandas apresentadas.

Na ocasião também foi assinado convênio para que Cachoeirinha promova ações de investimentos no sistema de drenagem pluvial a partir do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada no valor de R$ 9 milhões.

Miki falou que outro ponto que o município deve avaliar nos próximos dias é um pedido para que quem sofreu com o desabastecimento tenha os dias sem água descontados da conta. “Vamos para a Agergs fazer esta solicitação”, garantiu. Vereadores do município, também fizeram o mesmo. Na quinta, dia 7, Fernando Medeiros (PDT) e Duda Keller (PRB) estiveram na Agergs fazendo esta solicitação. A Agergs se comprometeu em encaminhar a ata da reunião com os vereadores para a Corsan e assim o desconto nas economias que ficaram sem abastecimento por mais de 12 horas deve ocorrer em abril. “Esperamos que a Corsan apresente um plano que resolva a atual situação de falta de abastecimento na cidade”, afirma Fernando Medeiros.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE