Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Infraestrutura

Avenida está ganhando outra cara

Mais um trecho das novas calçadas da Flores da Cunha entregue; apenados fazem parte
09/01/2019 10:10 09/01/2019 10:10

Foto por: GES-Especial
Descrição da foto: Este é o quarto trecho de calçadas pronto
O final da manhã de ontem foi marcado pela inauguração do quarto trecho da revitalização das calçadas da Avenida Flores da Cunha. Através do projeto Cachoeirinha: Eu amo! Eu cuido!, os passeios são construídos em parceria com os comerciantes da região que bancam o material necessário, como o piso de concreto (PVs), cimento, entre outros e o governo, que sede a mão de obra, os projetos, autorizações e licenças. O ato oficial também marcou o início do convênio que possibilita o trabalho de apenados nas obras.

Atualmente a construção das novas calçadas tem a quinta etapa em andamento, na parada 47, em frente a Madeireira Prior. As próximas calçadas que receberão as obras serão nas paradas 59 e na 48, entre a avenida Fernando Ferrari e a rua Anápio Gomes.

Ressocialização

Foto por: GES-Especial
Descrição da foto: Prefeito Miki Breier salientou que as parcerias entre a comunidade e o poder público são importantes
O prefeito Miki Breier reforçou o papel social que as calçadas terão, empregando pessoas apenadas do regime semi-aberto. Neste início, são 6 homens que trabalharão. “Isso faz com que estas pessoas possam voltar ao convívio com a sociedade de forma digna, além de otimizar um trabalho que é tão importante para a nossa cidade.”

O convênio é firmado entre a Secretaria de Segurança Pública do Estado, com a interveniência da Superintendência dos Serviços Penitenciários, e o Município, objetivando a utilização de mão de obra de apenados recolhidos no Instituto Penal de Monitoramento Eletrônico da Região Metropolitana. A contrapartida da Prefeitura é o pagamento de R$ 748,50 a cada apenado, alimentação e Vale Transporte. O trabalho é uma oportunidade de ressocialização, já que a cada três dias trabalhados diminui um da pena.

“Parceria é nossa principal obra”

O prefeito Miki Breier destacou que a construção das novas calçadas só está sendo possível porque a comunidade e os empresários locais entenderam a importância e resolveram se unir ao poder público. “Esse é um símbolo do nosso trabalho, a parceria. Aqui, temos a parceria de diversas secretarias do governo e dos empresários, compreendendo que a comunidade precisa de passeios com qualidade para circular.”

Uma vitória para a comunidade

Em sua fala, o vice-prefeito Maurício Medeiros lembrou da sua avó ao ver a qualidade com que estão ficando as calçadas. “Ela cansou de cair na Flores da Cunha e quando fui vereador, me fez inúmeros pedidos para que as calçadas fossem arrumadas. Só agora, estamos podendo atender.”

Ele lembra que a Prefeitura não tinha recursos, mas teve vontade de fazer.

A segunda chance

Foto por: GES-Especial
Descrição da foto: Apenados vão trabalhar na construção das próximas calçadas
Um dos apenados que está trabalhando na construção das novas calçadas, tem 40 anos, e vê a oportunidade como um recomeço. “Fiquei sete anos no regime fechado e estou pagando pelo erro que cometi. Todo mundo que quer, deve ter uma segunda chance.” Ele comenta que “se Deus quiser”, este será apenas o primeiro emprego, de muitos que ainda terá. “O trabalho sempre melhora a gente e para quem teve problema com a justiça, ajuda até na autoestima.”

O homem ainda diz que o preconceito faz parte do seu dia a dia por usar a tornozeleira eletrônica. “As pessoas têm receio, mas a gente é normal e estou aqui pra não errar de novo. Fico triste com os olhares que recebemos, mas entendo e é vida que segue.”



  • Este é o quarto trecho de calçadas pronto
    Foto: Diléa Fronza/GES-Especial
  • Prefeito Miki Breier salientou que as parcerias entre a comunidade e o poder público são importantes
    Foto: Diléa Fronza/GES-Especial
  • Apenados vão trabalhar na construção das próximas calçadas
    Foto: Diléa Fronza/GES-Especial

Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE