Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Primeira mulher

Líder da bancada ruralista é confirmada como ministra da Agricultura de Bolsonaro

Tereza Cristina foi anunciada na noite desta quarta-feira (7)
08/11/2018 09:02 08/11/2018 09:05

Foto por: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Descrição da foto: A deputada Tereza Cristina (DEM-MS), futura ministra da Agricultura

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou na noite desta quarta-feira (7) a primeira mulher a compor sua futura equipe ministerial. A deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) será a ministra da Agricultura – ela será a segunda mulher a comandar a pasta.

O anúncio foi feito pelo Twitter depois de uma reunião entre Bolsonaro, o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e parlamentares da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) do Congresso Nacional, conhecida como a bancada ruralista. O encontro aconteceu no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição.



Tereza Cristina é a atual presidente da FPA. Ela é engenheira agrônoma e empresária, produtora de soja no Mato Grosso do Sul. 

Além de Tereza Cristina e Onyx Lorenzoni, ambos do DEM, outros quatro ministros também já foram anunciados:

Paulo Guedes (Economia);
General Augusto Heleno (Segurança Institucional);
Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública);
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE