Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Eugenio Paes Amorim

Ele sim!!!

"Aí vem um Brasil melhor, com o resgate de tudo aquilo que este País merece e havia perdido!"
18/11/2018 07:00

Eugenio Amorim é promotor de Justiça
epa1966@hotmail.com

O momento eleitoral passou, não há espaço para choro, ranger de dentes, fake news e chavões patéticos esquerdistas como "resistência" ou as próximas asneiras infantis que virão. Jair Messias Bolsonaro foi eleito democraticamente por expressiva maioria da população e não vai organizar nenhuma ditadura e sim o governo democrático escolhido pelo povo.

Sua única dificuldade, o Congresso Nacional, creio, poderá ser vencida sem maiores esforços. Vejo comentaristas menos inteligentes falando que ele terá problemas nas alianças, negociações, coalizão, enfim, esta infinidade de palavras que ao fim e ao cabo representam o velho sistema corrupto de negociatas e chantagens entre os poderes que sempre vingou neste País. Mas este sistema acabou, apercebam-se disso de uma vez!

Bolsonaro mandará projetos novos ao Congresso Nacional e eles serão aprovados pelo apoio maciço da população, porque são bons para o País e para a nação, e não porque alguns deputados corruptos se venderam por emendas ou dinheiro em seu bolso próprio. Entenderam?

Assim é que, na área da segurança pública, para começar, e sob a batuta de Sérgio Fernando Moro – um dos mais preparados juristas deste País –, teremos a oportunidade de enrijecer penas como a do roubo, tráfico de drogas e do homicídio simples – hoje cumpridas no ridículo regime semiaberto, teremos o próprio fim do regime semiaberto, talvez o fim do pornográfico indulto natalino, mais trabalho e disciplina nas prisões, e o cumprimento da necessidade extrema de construir mais casas prisionais. Ainda nesta linha as polícias serão aparelhadas e os seus agentes respeitados e valorizados.

Na área da educação, certamente haveremos de ver retornar o civismo e o estímulo aos bons valores da pátria e da família entre nossas crianças. Terá fim o ensino da promiscuidade e a manipulação ideológica de mentes em formação. Teremos de fato educação e não a porcaria que se tem feito em todos os níveis por este Brasil afora nos tempos daqueles que investem no fim dos valores para formar sua ditadura anticristã!

Na saúde, de igual forma, esperam-se além de investimentos, boas ideias e práticas que promovam um melhor atendimento do povo. Os hospitais e postos de saúde deixarão de ser igualmente espaços ideológicos e eleitorais, para se tornarem o que sempre deveriam ser: espaços de atendimento aos desafortunados pela enfermidade.

Aí vem um Brasil melhor, com o resgate de tudo aquilo que este país merece e havia perdido! A resistência de uns e outros será do mesmo tamanho e força que a resistência de Satanás a Deus!


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE