Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Cris Manfro

Temporariamente, um colo

"É preciso ser forte para buscar ajuda e, não seguir a vida empurrando a dor e a tristeza com a barriga"
04/11/2018 06:00

Cris Manfro NOVO Cris Manfro é psicóloga clínica, terapeuta de família e casal e mediadora familiar
acmanfro@terra.com.br

Você sempre foi aquela pessoa que resolvia tudo para você mesmo e para todos. Aquela pessoa que nunca se abalava por nada e que tirava tudo “de letra” nas situações mais difíceis da sua vida. Que apoiava e aconselhava os outros em momentos complicados ou de dor. Que segurava a barra em qualquer ocorrência. De repente você se vê triste, desesperançado, cansado, sem ânimo, sem forças e principalmente sem prazer em nada e nem com ninguém. Estes são os maiores sintomas de depressão.

A maioria das pessoas, quando pensa em depressão, imagina alguém chorando pelos cantos. Não necessariamente. A tristeza tem maneiras diferentes de aparecer e uma delas pode ser a irritabilidade. A dona depressão não escolhe status, conta bancária, gênero, nem respeita a capacidade ou não das pessoas. Ela não quer saber se você deseja a companhia dela ou não. Se você tem força ou não. Ela é involuntária e não tem ligação com o querer. Mas, calma, a palavra chave para você neste momento difícil pode ser: "temporariamente".

Temporariamente você pode estar precisando deixar de lado um jeito mais independente (sem deixar de ser), para poder receber ajuda na solução dos seus problemas, ou ajuda no manejo desses novos sentimentos, tão desconhecidos que agora aparecem para você. Quando se está deprimido, não tem como não estar contaminado na percepção de si mesmo e dos outros e na interpretação de tudo na sua vida. Toda a interpretação é negativa e tudo fica negro. Contar com ajuda profissional pode ser de grande ajuda, no entendimento do que está ocorrendo, para a resolução do que está acontecendo, para que você saia da crise e previna futuros momentos de crise.

Você não deixa de ter as suas capacidades, qualidades, habilidades e força, porém temporariamente elas não aparecem e isso pode comprometer muito do seu desempenho. Os sentimentos e pensamentos ruins atrapalham muito as coisas mais simples do dia a dia. Tem situações na vida que são verdadeiros nocautes, levando em conta que o que pode ser nocaute para uma pessoa pode não ser para você. O sofrimento para cada pessoa sempre é único, e deve sempre ser respeitado. Buscar ajuda temporariamente, pode ser um benefício de grande valia para toda a vida a partir do momento que você pode aprender a como identificar e manejar os sentimentos ruins.

Temporariamente todos têm o direito a um colo, a se sentir frágil e vulnerável. Estar sem força, não significar não ser forte. Pelo contrário é preciso ser forte para buscar ajuda e, não seguir a vida empurrando a dor e a tristeza com a barriga. Use o temporariamente como forma de permitir ser ajudado por você mesmo, tendo um olhar menos crítico sobre você e um olhar solidário para com seu sofrimento. A depressão pode ser temporária, mas o auxílio que você receber pode ser ferramenta para toda a vida.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE