Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Outubro Rosa

Quarta-feira é dia de vestir rosa no Polivalente

Uma vez por semana, os alunos da escola usam a cor para dar o alerta ao câncer de mama
11/10/2018 11:04 11/10/2018 11:04

Foto por: Fernando Lopes/GES
Descrição da foto: Nas quartas-feiras, os alunos do Polivalente vestem rosa pela conscientização do câncer de mama
Há duas semanas, as quartas-feiras dos alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Presidente Kennedy, o Polivalente de Cachoeirinha, são cor de rosa. Por iniciativa de uma aluna do 3ª ano do Ensino Médio, as turmas dos três turnos passaram a usar roupas na tonalidade para lembrar do Outubro Rosa e da importância de se prevenir o câncer de mama.

De acordo com a vice-diretora da manhã, Fernanda Pertille da Silva, já são duas semanas de atividades. “Começou na semana passada, e nesta quarta muitos repetiram. A ideia se espalhou pelos grupos das redes sociais e assim mais alunos estão aderindo”, conta.
Professora de Biologia, regente da turma 302 e vice-diretora da tarde, Tatiana Geraldino Pinto Caetano diz que a ideia surgiu na turma, com uma aluna. “Quando ela deu a sugestão, falei que poderíamos dar a ideia para todas as turmas e assim foi feito. É um mês importante e que precisa da conscientização”.

Autora da ideia, Bárbara Müller Quintana, 19 anos, afirma que o tema precisa ser discutido. “O outubro rosa não é só para dar o alerta às mulheres. É preciso também que os homens tenham a consciência da importância de se fazer os exames”, diz ela.

Muitos aderiram

A ideia dos alunos é que, até o final do mês, sempre às quartas-feiras, eles vistam o rosa. As fotos com todo mundo uniformizado se espalha pelas redes para a conscientização. “Os alunos estão fazendo postagens, alertando da importância dos exames, de lembrar do Outubro Rosa e, mais do que tudo, de ser consciente com relação aos cuidados com a saúde”, afirma a professora Pollyanna Guimarães.

“A gente vê que falta informação e, mais do que isso, divulgação. As pessoas não sabem da importância do exame. A mídia mostra as mulheres fazendo, mas nem sempre dão a orientação de como e onde ir”, diz Lucas Rodrigues, 18 anos, aluno do 1º ano.

Lembrança de quem já viveu o drama

Foto por: Fernando Lopes/GES
Descrição da foto: Juliana viu o sofrimento da mãe que teve câncer
Para Juliana Américo, 17 anos, aluna do 3º ano, o Outubro Rosa é também de reflexão. A mãe teve câncer de mama e sofreu bastante. “Durante cinco anos, ela fazia os exames e não dava nada. Até vir o diagnóstico. Minha mãe passou por quimioterapia, radioterapia e duas cirurgias. Está curada, mas foi uma luta muito grande”, conta.
Sobre a iniciativa dos colegas, ela apoia. “Eu acho que precisa ser falado. O quanto mais, melhor. Eu acho que o sofrimento da minha mãe e de tantas outras mulheres poderia ser evitado se os exames fossem feitos sempre”, acrescenta.

Nicole Carvalho, 18 anos, do 3º ano, também apoia a iniciativa. “É um assunto que precisa ser falado. E o mesmo vale para o Novembro Azul. Tem que ter diálogo, mais espaço para tratar desse assunto e as pessoas precisam cuidar da sua saúde”, acrescenta.
A ideia dos alunos poderá ser repetida em novembro, trocando o rosa pelo azul.



Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE