Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Literatura

Tem livros e muitas atrações na Feira de Cachoeirinha

31ª edição da Feira do Livro começou na segunda e segue até domingo
10/10/2018 09:59 10/10/2018 09:59

Foto por: Fernando Lopes/GES
Descrição da foto: Monika Paspecu é a patrona deste ano
O mundo da literatura invadiu o Parcão de Cachoeirinha. Desde segunda-feira acontece a 31ª edição da Feira do Livro. Com o tema “A Leitura cabe em qualquer lugar”, o evento segue até o próximo domingo com atrações para todos os públicos. A abertura oficial aconteceu na noite de segunda-feira. No ano passado, a feira aconteceu na Casa de Cultura e neste está de volta ao Parcão, onde já acontecia tradicionalmente. A artista Monika Papescu é a patrona deste ano.

De acordo com Simone Medeiros, coordenadora do evento, a visitação escolar, diurna e noturna, vem sendo intensa. “Neste ano, a programação está muito voltada à literatura e a leitura e é bem intensa e diversificada. Teremos a presença de escritores, ilustradores, escritores, oficinas para crianças e educadores, palestras, teatro. E os dois primeiros dias já mostraram uma grande movimentação de crianças e adultos. As escolas trazem os alunos que participam de diferentes atividades”, afirma.

A patrona e as crianças

A patrona da feira, Monika Paspecu participa de vários momentos da feira. Na tarde de ontem, por exemplo, ela realizou o encontro “Ilustrações”. Nele, Monika contou às crianças como é a produção dos desenhos que ilustram as suas obras.

O local onde a atividade foi realizada e onde também acontecerão as palestras, encontro com autor e sessões de autógrafos é muito especial. “Aqui na nossa feira nós não tínhamos o costume de dar nomes aos espaços. Mas neste ano, este local recebeu um nome, em homenagem a uma pessoa que fez parte da nossa feira por tantos anos. A sala se chama Milton Souza, em homenagem ao jornalista e escritor falecido neste ano”, conta Simone. A partir da feira deste ano, seu Milton como sempre foi conhecido, já não estará presente fisicamente, mas sua imagem permanecerá junto aos livros.

Espaço para as artes também

Foto por: Fernando Lopes/GES
Descrição da foto: Feira deste ano tem espaço para o artesanato
Neste ano, a Feira do Livro de Cachoeirinha tem mais novidades. O projeto Tribos da Parceiros Voluntários tem um espaço próprio para a divulgação das suas atividades. E os artistas da cidade também têm o seu local próprio. Os artesãos que estão na Casa de Cultura do município receberam um espaço para expor os seus produtos. De acordo com a artesã Vânia Araújo, são nove artistas que participam da Feira. “Na Casa de Cultura, fazemos cursos e também há o espaço para a exposição dos nossos trabalhos. Aqui para a feira, trouxemos o material de nove de nós, a maioria mais voltado para as crianças, trazendo um projeto lúdico, personagens que eles estão acostumados a ver na Internet e também algumas coisas para os adultos. Mais do que poder vender, é uma maneira de divulgar o nosso trabalho. Participamos de diversas feiras pelas cidades da região, mas agora também temos a oportunidade de estarmos na nossa cidade”, afirma.

Durante a semana, a Feira funciona das 9 às 21 horas. Na sexta, sábado e domingo, das 13 às 21 horas.

Expectativa de boas vendas

Foto por: Fernando Lopes/GES
Descrição da foto: Expectativa dos livreiro é de boas vendas
Neste ano, seis livreiros estão participando da feira e uma característica é que são, na maioria, empresas de Cachoeirinha. Há bancas especializadas na literatura infantil, espírita e também as com opções variadas. Além deles, a Biblioteca Municipal está com um sebo.

Michele Sicbeneichler faz parte da livraria espírita que já participou de outras edições da feira. “Este ano, as vendas estão surpreendendo. No primeiro dia foi muito bom. Os adultos estão vindo no final do dia e é neste horário que as vendas aumentam. Nossas expectativas são muito boas”, garante.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE