Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Brasileirão

Dourado projeta "jogo do ano" contra o Vasco

Para seguir na briga pelo título brasileiro, Inter precisa vencer o time carioca no Rio
25/10/2018 21:00 25/10/2018 21:01

Foto por: Ricardo Duarte/Inter
Descrição da foto: "Precisamos ganhar este jogo para seguir no sonho do título. Temos conversado aqui no vestiário. É o jogo mais importante do ano para nós", afirmou o capitão colorado, Rodrigo Dourado
O empate com o Santos em casa não estava nos planos do Inter. O 2 a 2 fez com que os colorados perdessem a vice-liderança do Brasileirão para o Flamengo. Para voltar à briga pelo título, só a vitória interessa contra o Vasco, às 21h30 desta sexta-feira, em São Januário, no Rio de Janeiro. Com 57 pontos, os colorados precisam somar três pontos no Rio e esperar que o líder Palmeiras, com 62 pontos, tropece diante do Flamengo, sábado, no Maracanã.

“Faremos o que temos realizado fora de casa. Estudaremos o jogo, temos que estar muito concentrados. Precisamos ganhar este jogo para seguir no sonho do título. Temos conversado aqui no vestiário. É o jogo mais importante do ano para nós”, afirmou o capitão colorado, Rodrigo Dourado, em entrevista coletiva. Ele também falou sobre as dores no pé direito que vêm atrapalhando seu desempenho. “Essa dor vem incomodando já faz um tempo e quando dá pra preservar a gente prefere ficar de fora para não correr o risco de agravar, de ter um contato ali no rachão, que é mais uma brincadeira. Mas temos ainda mais um dia pra recuperar e entrar forte lá contra o Vasco”, disse Dourado, que não participou do rachão desta quinta.

SEM DAMIÃO

O centroavante Leandro Damião sentiu um desconforto muscular na coxa esquerda e ficou de fora da viagem para o Rio de Janeiro. Rossi deve ser o escolhido do técnico Odair Hellmann para atuar ao lado de Nico López no ataque colorado. “A gente fica triste. Ele (Damião) vem passando por lesões e sempre quando ele está em campo nos ajuda muito, tanto com gols como segurando a bola ali na frente, marcando. É um jogador muito importante para o nosso grupo”, ressaltou Dourado.

O capitão despistou sobre o substituto do camisa 9. “Tem o Rossi, tem o próprio Wellington Silva pra entrar. O professor Odair ainda não definiu, mas quem entrar vai dar conta do recado. Claro que mudam as funções, mas a gente está preparado pra fazer um grande jogo lá.”

Vermelhas

O Conselho Deliberativo do Inter aprovou, na noite de quarta-feira, a inelegibilidade do ex-presidente, Vitorio Piffero, do ex-vice de finanças, Pedro Affatato, do ex-vice de patrimônio, Emídio Ferreira, e do ex-vice de administração, Alexandre Limeira.

O grupo foi considerado culpado por gestão irregular entre 2015 e 2016 e ficará impedido de participar, por 10 anos, das atividades de qualquer entidade desportiva profissional.

VASCO
Martín Silva; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Ramon; Desábato, Andrey, William Maranhão, Andrés Rios (Pikachu) e Fabrício; Máxi López;
Técnico: Alberto Valentim

INTER
Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, D'Alessandro e Rossi; Nico López;
Técnico: Odair Hellmann


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE