Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Ilha do Retiro

Inter tropeça para o vice-lanterna no Brasileirão

Colorado perdeu por 2 a 1 para o Sport
05/10/2018 21:36 05/10/2018 21:37

Foto por: Ricardo Duarte/Inter
Descrição da foto: Colorado tropeçou fora de casa nesta sexta
No campeonato de pontos corridos tem certas ocasiões em que você não pode deixar de pontuar se quiser buscar o título. E o Inter está entre os cinco clubes que brigam para quem sabe botar a faixa de campeão brasileiro no peito. Mas na noite desta sexta-feira, pela 28ª rodada, na Ilha do Retiro, o Colorado tropeçou para o vice-lanterna do campeonato, o Sport, perdendo de virada por 2 a 1. Pontos que deixam de serem somados na conta da equipe do técnico Odair Hellmann e que logo ali na frente poderão fazer falta nesta briga equilibrada pelo título. Com praticamente toda uma rodada para se desenrolar neste sábado – os jogos foram antecipados por conta da eleição –, é bem possível que o Inter deixe a vice-liderança do campeonato. No fim de semana que vem, o Inter terá um confronto direto pelas primeiras posições. No domingo, recebe o São Paulo, no Beira-Rio, com nova chance de tentar buscar a liderança do Campeonato Brasileiro.  

Com uma equipe desestruturada com as ausências da zaga titular, formada por Moledo e Cuesta, Edenilson e Leandro Damião, o Colorado sentiu e teve dificuldades para criar. O primeiro tempo foi de dar sono, onde os dois times criaram poucas chances. Sem Edenilson, uma das mentes pensantes da equipe, faltou entrosamento e maior aproximação dos jogadores de meio.

Reviravolta

A etapa final iniciou mais movimentada, com o Inter disposto a buscar o gol, mas pecando no acabamento. Odair Hellmann promoveu a entrada de D’Alessandro, na vaga do improdutivo Rossi, e o time se ajustou. E foi do pé do gringo, que surgiu o primeiro gol da partida, na parceria entre castelhanos. Aos 21min, D’Ale pifou Nico López, até então desaparecido na partida, que bateu no cantinho de Magrão, sem chances. O resultado colocava o Inter na liderança. Mas com o apoio do seu torcedor e precisando desesperadamente do resultado positivo, o Leão chegou ao empate, aos 33. Adryelson subiu mais que a zaga colorada após cruzamento e mandou de cabeça para o fundo da rede.

O 1 a 1 já estava de bom tamanho para os donos da casa, que não deixariam de pontuar, mas aos 42min, após receber passe de Michel Bastos, Mateus Gonçalves deslocou de Lomba para garantir a vitória do Sport, que dá fôlego extra para o time pernambucano na fuga do rebaixamento.

Vermelhas

“Não conseguimos impor o nosso ritmo e aumentar a diferença. Com relação às pretensões, continuamos com as mesmas, de título”, disse Roberto Melo, vice de futebol do Inter, que garante que nenhum clube deverá disparar na liderança.

“Esse campeonato é diferente dos outros anos. Esse ano está mais parelho, com mais equipes disputando o título e tenho certeza que vai seguir assim até a última rodada”, completou.

SPORT

Magrão, Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Sander; Marcão (Felipe Bastos), Jair e Gabriel (Mateus Peixoto); Marlone (Rafael Marques) Mateus Gonçalves e Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes.

INTER

Marcelo Lomba; Fabiano, Klaus, Emerson Santos e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick, Camilo (Charles), Rossi (D'Alessandro) e Nico López; William Pottker (Alvez). Técnico: Odair Hellmann.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE