Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Articulação

Bolsonaro confirma quatro ministros no governo

São eles: Paulo Guedes, Onyx Lorenzoni, General Augusto Heleno e o astronauta Marcos Pontes
29/10/2018 08:58 29/10/2018 10:02

Foto por: Ricardo Moraes/AFP
Descrição da foto: Bolsonaro votou usando colete à prova de balas
A definição do ministério do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) deverá se acelerar nos próximos dias, mas os primeiros nomes foram confirmados ontem por ele. No poderoso ministério da Fazenda, que poderá ser renomeado para Economia, figura desde o início o economista Paulo Guedes. Para a estratégica Casa Civil, foi escolhido o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS). E para o Ministério da Defesa, a escolha recaiu sobre o general reformado Augusto Heleno. Na pasta de Ciência e Tecnologia, o astronauta brasileiro Marcos Pontes, que é tenente-coronel da Aeronaútica, também foi confirmado por Bolsonaro e ele próprio admitiu que aceitaria a missão. A meta máxima de 15 ministérios, por exemplo, já não é uma certeza.

A primeira polêmica surgiu com a tão anunciada e propagada pelo candidato fusão entre as pastas da Agricultura e Meio Ambiente. Após receber visitas de empresários, exportadores, e de representantes do agronegócio, ficou claro que é preciso analisar eventuais prejuízos na economia internacional com as possíveis mudanças. Ontem, o principal discurso de Bolsonaro foi de ouvir e avaliar todas as vertentes políticas e econômicas antes de tomar qualquer decisão.

Os nomes certos

Paulo Guedes

É conhecido no meio acadêmico, tendo lecionado
na PUC-Rio e na Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Foi um dos fundadores do Banco Pactual.



Onyx Lorenzoni

Deputado gaúcho, foi escolhido para a
Casa Civil pelo trabalho de articulação legislativa desempenhado com sucesso no Congresso.



General Heleno

É formado na Academia Militar das Agulhas Negras.
É considerado uma das pessoas que gozam
do maior prestígio e respeito por parte de Bolsonaro.


Marcos Pontes Marcos Pontes

Notabilizado como o primeiro astronauta brasileiro,
que atingiu o espaço em março de 2006, a bordo de uma nave russa,
após anos treinando na Nasa.


Os cotados

Também aparece cotado para um ministério da Infraestrutura o general da reserva Oswaldo de Jesus Ferreira, que atuou em Brasília como um dos coordenadores do plano de governo de Bolsonaro. Na área de educação e comunicações, surge o nome do general Aléssio Ribeiro Souto, mas há políticos do DEM cotados para ser ministro da Educação – como o próprio ex-ministro Mendonça Filho.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE