Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Homicídio culposo

Justiça aceita denúncia contra homem que atropelou 18 pessoas no Rio de Janeiro

Entre os feridos no atropelamento estava Alex Farias Bitencourt, morador de Gravataí
06/07/2018 18:25 06/07/2018 18:30

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia contra Antônio de Almeida Anaquim, que atropelou 18 pessoas, matando duas, entre elas um bebê de oito meses, em janeiro deste ano, na Praia de Copacabana, depois de atravessar a ciclovia. Ele vai responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e lesão corporal culposa. Entre os feridos estavam Alex Farias Bitencourt, morador de Gravataí, que passava férias na cidade com a sua família.

Além do bebê, o motorista também provocou a morte do australiano Christopher John Gott, que estava no calçadão. 

A decisão

Na decisão, a juíza Alessandra de Araújo Bilac, da 40ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça, escreveu “é certo que o denunciado agiu de forma negligente, eis que, a despeito de estar plenamente ciente de seu problemas neurológicos decorrentes do quadro clínico de epilepsia de que é portador, e estando em tratamento médico desde a adolescência para evitar os recorrentes 'apagões', mesmo assim negou tal fato quando renovou de sua carteira de habilitação, deixando de se submeter a procedimento mais criteriosos no Detran”.

Antônio Anaquim agora será citado e deverá apresentar defesa no prazo de 10 dias após a citação pela Justiça.

Relembre


A família Bitencourt, de Gravataí, estava em seu último dia de férias quando foi ao calçadão da Praia de Copacabana comprar lembranças para trazer para casa. Sandra Beatriz Tatsch, 34 anos, os filhos, Rafaela, 14 anos, e Vítor, 15, o marido Alex, 37, e a cunhada Aline Farias Bitencourt, 36 anos, faziam a primeira viagem à capital fluminense e estavam no calçadão quando Anaquim, invadiu a pista atropelando 18 pessoas. O motorista alegou ter sofrido um ataque epilético no momento do acidente.

Alex foi o único atingido da família. Ele foi levado para o Hospital Souza Aguiar, onde foi constatado que o seu tornozelo estava quebrado.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE