Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Cachoeirinha Leve vem aí

União pelo Distrito Industrial

Grupo de trabalho será criado para pensar em maneiras de trazer incentivos à indústria
13/04/2018 10:07 13/04/2018 10:07


Diléa Fronza/GES-Especial
Empresários setores de serviço e o poder público se reuniram pelo Distrito
Empresários, representantes de entidades, universidades e de serviços, além do poder público se reuniram na tarde desta quinta-feira no Centro das Indústrias de Cachoeirinha (CIC) para falar da busca de alternativas que visem fortalecer o Distrito Industrial do município. A iniciativa foi da Frente Parlamentar de Ciência e Tecnologia da Câmara de Vereadores, presidida pelo vereador Ibaru Barbosa.

O prefeito Miki Breier exaltou a proposta. “Parcerias ajudam a tornar as coisas realidade. Prova disso é a redução dos homicídios no município, possível graças a parceria das diversas forças de segurança com a comunidade. Estamos em um ano eleitoral, em que muitos dos recursos e projetos serão interrompidos em breve, mas é preciso seguir pensando, para que consigamos gerar emprego e renda”.

Investir em APL

O professor universitário e consultor empresarial Alexandre Horn conduziu a conversa. Ele disse que, neste momento, a criação de um Arranjo Produtivo Local (APL). “Polos tecnológicos, incubadoras também são possíveis, mas hoje o cenário nos leva para a APL. Desta forma, a indústria pode buscar competências, mostrar os seus talentos e contribuir”, disse.

Entre as sugestões propostas, foi a de entrar em contato com o Governo do Estado para que, em caso do fim do Cientec, esta área, que fica no Distrito seja usada para o incentivo à indústria e a pesquisa. O próximo passo será a realização de uma nova reunião, onde um grupo de trabalho será formado, a fim de montar o edital que deverá ser apresentado à Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia. O projeto deverá ser elaborado e uma audiência pública também deverá ser proposta nos próximos encontros para pensar no que for necessário.

Em busca de incetivo

Para o presidente o do CIC, Admir Juchneski, Cachoeirinha é uma cidade com vários atributos, como a localização, a diversidade das suas indústrias, os talentos revelados. “Nós estamos apoiando esta iniciativa porque querermos reter e também incentivar a chegada de novos projetos e talentos para a cidade. Desta forma, poderemos garantir mais emprego e renda para a região e, consequentemente, aumentar a arrecadação para o município e promover o crescimento da cidade”. O projeto está sendo chamado de Cachoeirinha Leve.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE