Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Prevenção

Afogamentos têm redução de 97% e 60% nos salvamentos

Na última edição da Operação Verão, foram 665 salvamentos e apenas uma morte nas áreas com cobertura de guarda-vidas
08/03/2018 12:08 08/03/2018 12:10

CBMRS/Divulgação
1º Pelotão de Cidreira - Thunders finalizando prova
Balanço da Operação Verão do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) registrou redução histórica no número de salvamentos e de afogamentos em comparação com dados dos últimos dez anos. Houve queda de 60% nos salvamentos e 97% nos óbitos na última edição da operação em relação a anterior. Os resultados demonstram aumento nas intervenções preventivas (194.157, 47% superior a 2017), redução para 665 salvamentos e apenas uma morte nesta temporada.

Conforme os Bombeiros, os bons resultados se devem à ampliação do trabalho de alerta dos salva-vidas para sinalizar situações de risco aos banhistas. A melhor identificação dos agentes, novo uniforme, alertas de delimitação da área de banho seguro e aprimoramento das bandeiras de sinalização também foram considerados essenciais.

Além disso, o projeto Guarda-vidas Mirim e Master ainda ajudou na segurança entre crianças e adultos. Foram 2.559 crianças formadas no curso em 51 edições, atingindo de forma direta 6.777 pessoas. Outra parceria com a Faders - Acessibilidade e Inclusão preveniu deficientes auditivos sobre o banho seguro.

Os bombeiros também auxiliaram a população em casos de queimaduras de água-viva, orientando sobre como evitá-las ou agir em caso de contato (indica-se a colocação de vinagre na região queimada). Foram registrados 12.806 casos.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE