Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423, 2º andar. Parada 63 - Vera Cruz - Gravataí. - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

PUBLICIDADE
Estupro

Jovem é violentada por mais de três horas no Mato do Júlio

Vítima de 26 anos ficou cerca de três horas e meia em poder de maníaco nesta sexta-feira (4)
Um caso estarrecedor de violência sexual foi registrado na manhã desta sexta-feira (4) em Cachoeirinha, quando uma jovem de 26 anos passou cerca de três horas e meia sob o poder de um estuprador em meio a vegetação do Mato do Júlio. De acordo com a polícia, a vítima teria sido abordada por volta de 8 horas, enquanto caminhava para o trabalho, na altura da parada 56 da Avenida Flores da Cunha. Ela foi arrastada pelo agressor para dentro do mato. Rendida, foi estuprada repetidas vezes.
O criminoso deixou o mato somente por volta de 11h30, liberando a jovem no Parcão. Sem se intimidar pelas ameaças de morte feitas pelo estuprador, a jovem procurou ajuda de servidores no Parcão. A Guarda Municipal foi acionada. Informadas pela vítima das características do agressor e da direção que ele teria tomado, os GMs iniciaram uma perseguição que terminou na prisão do suspeito, na Rua Tijuca, já próximo a free way, minutos depois.
Sem pena
Um dos responsáveis pela prisão do suspeito, Jonas Silva conta que o homem de 27 anos resistiu à prisão e teve de ser controlado com o auxílio da pistola teaser. "Ele lutou bastante, mas conseguimos capturá-lo e levá-lo até a vítima, que o reconheceu como o autor do estupro", lembra. "Ela contou que ele não teve pena dela durante todo o tempo que ficaram no mato."
O criminoso foi levado até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí, onde foi autuado em flagrante pelo crime de estupro consumado. Já com várias passagens pela polícia, o bandido, oriundo de Porto Alegre, cumpria pena em regime semiaberto. Ele foi encaminhado novamente para a Penitenciária Estadual de Charqueadas, onde retomará a pena em regime fechado.
Corrida ao DML
A vítima foi encaminhada pelos próprios servidores da Ronda da Guarda Municipal até o Departamento Médico Legal (DML), onde passara por exames periciais, além de receber o atendimento adequado dado a vítimas de violência sexual.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS