Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Sem sinaleira

Cruzamento do Distrito vai ganhar uma lombada eletrônica

Região entre a Ary Rosa dos Santos e Frederico Ritter, que registra diversos acidentes, não deve ter sinaleira
06/12/2017 15:26 06/12/2017 15:27


Diléa Fronz/GES-Especial
Vai ter pardal no cruzamento da Ary Rosa dos Santos com a Frederico Ritter
Um cruzamento considerado perigoso agora vai ter um reforço. A Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade planeja que, em até 30 dias, seja instalado entre as avenidas Ary Rosa dos Santos (conhecida como Avenida do Cruzeiro) e a Frederico Augusto Ritter uma lombada eletrônica. As vias ligam o Distrito Industrial à Granja Esperança e são utilizadas como acesso para a área de indústrias assim como para quem vai para a RS-118 e faz o deslocamento para municípios vizinhos, como Porto Alegre e Cachoeirinha. No local já teve um controlador de velocidade, que logo foi retirado. Agora ele deve retornar.

Basta ficar alguns minutos ali para ver cenas de imprudência e também encontrar motoristas reclamando da situação. Carlos Gruber é motorista de caminhão e morador da Granja Esperança. Ele utiliza o cruzamento quase que diariamente. “Tem muita imprudência, mas também é muito ruim de passar por aqui. Precisa ter uma sinaleira, uma rótula, algo que controle melhor”, afirma. Ao ver os postes para a colocação dos controladores de velocidade, ele se queixa. “Pardal não adianta. As pessoas até diminuem a velocidade, mas não param. Precisa de algo que controle o trânsito”, acrescenta.
Mesma opinião tem o jardineiro Clóvis Klein. “Não adianta lombada. Precisa uma sinalização que funcione”, afirma.

Sinalização

Segundo Tatiana Boazão, diretora de Trânsito, a lombada eletrônica que vai ser instalada terá como limite de velocidade, 40 km/h. Ela será retirada do final da Avenida Papa João XXIII e levada para o cruzamento do Distrito. A previsão é de que o equipamento esteja funcionando em 30 dias. “Um semáforo iria vai causar muito congestionamento porque não tem largura suficiente na via. A instalação de uma rotatória demanda valores altos e a exigência de um alargamento da via, o que não podemos fazer hoje, diante da situação financeira em que o município se encontra. Por isso, optamos pelo redutor de velocidade, que vai ajudar na conscientização dos motoristas”, afirma.

A lombada da Papa vai ser retirada porque, segundo a diretora, os motoristas já entenderam que precisam reduzir a velocidade naquele local.



Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE