Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Série B

Guto Ferreira tropeça também em entrevista

Treinador deu declaração que não repercutiu bem após empate com o Luverdense
07/11/2017 20:51 07/11/2017 20:51

Guto FerreiraNão foi apenas dentro de campo que o Inter vacilou na noite de segunda-feira. Após o 2 a 2 com o Luverdense, no Mato Grosso, que marcou a terceira partida seguida sem vitória colorada na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Guto Ferreira deu uma declaração que não repercutiu bem entre a torcida e, possivelmente, também no vestiário da equipe. Questionado sobre os gols sofridos no início do primeiro e do segundo tempo, o treinador disparou contra seus atletas. “Só toma (gol) quem está dentro da partida. Eu, particularmente, não tenho como tomar. Estou fora. Os 11 estão lá. O ideal é que não se tome, mas ocorre”, afirmou.

Apesar do ponto somado fora de casa e que foi muito valorizado pelo treinador, o desempenho do time voltou a deixar a desejar. A sequência do trabalho de Guto Ferreira em 2018 foi questionado, mas ele garantiu não pensar na próxima temporada. “Me preocupa, nada (a possibilidade de deixar o clube após a Série B). O que preocupa é definir a classificação e depois brigar por algo mais. Só isso que tenho por objetivo neste momento”, disse o comandante Colorada.

O Inter volta a entrar em campo pela segunda divisão nacional no sábado, às 16h30, quando recebe o Vila Nova no Estádio Beira-Rio. “Queríamos estar em uma situação mais tranquila, mas ainda somos líderes”, salientou o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, em tom conciliador.


Diário de Cachoeirinha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE