Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Odontologia

"Lentes de contato" dentais ajudam a corrigir imperfeições

Lâminas de cerâmica ultrafinas podem encobrir manchas leves e lascas

Julieta Tavares/Julieta Tavares/Divulgação
Lentes melhoram o visual dos dentes mal posicionados, separados, quebrados e, ao mesmo tempo, contribuem para um sorriso mais branco

Um sorriso bonito é um marcante cartão de visitas. No entanto, mesmo para quem tem os dentes bem alinhados, às vezes há um detalhe ou outro que se deseja melhorar ainda mais. Um procedimento quase artesanal, que utiliza lâminas de cerâmica ultrafinas coladas sobre os dentes, popularizado como “lentes de contato dentais”, é capaz de corrigir estas pequenas imperfeições e tem ganhado a adesão de várias celebridades. As lentes melhoram o visual dos dentes mal posicionados, separados, quebrados e, ao mesmo tempo, contribuem para um sorriso mais branco. O processo, porém, vai muito além de apenas colar as capinhas. “O mais importante é entender o desejo do paciente e se é algo que a gente pode realizar. Muitas vezes recebemos pacientes que não têm indicação”, observa a doutora em odontologia estética Julieta Gomes Tavares. A consulta sempre começa com uma entrevista, para interpretar o que o paciente quer. “Alguns têm a mordida certinha, todos os dentes de trás, mas tem dentes espaçados, esta é uma indicação para esse tipo de tratamento”, comenta.

Para auxiliar, existem ferramentas digitais que permitem a criação de um plano virtual para que a pessoa tenha uma ideia de como será o depois. Esse material é encaminhado para um protético que, sobre o modelo inicial, faz uma moldagem em cera com os futuros dentes. “Esses são os ‘mockups’, simulações do futuro sorriso de forma física e virtual. São espécies de maquetes, que reproduzem com bastante exatidão o tamanho, o formato e a harmonia dos dentes, planejados individualmente para cada caso”, acrescenta Julieta.
Na segunda sessão, a cera de silicone no formato com os novos dentes é moldada. “Então é injetado material acrílico e posicionado sobre os dentes do paciente, sem fazer nada que seja irreversível, para que tenha noção de proporção, harmonia, forma. Se quer dentes mais longos, fechar espaços, mudar formato”, comenta a dentista. As capinhas também podem ser usadas para encobrir manchas leves, lascas e fraturas.

Depois que o molde é colocado, é feita uma fotografia e a pessoa ainda pode avaliar seu antes e depois. Aí então ocorre a colagem em si. “É uma forma de melhorar a estética e autoestima com o mínimo de desgaste dental”, enfatiza Julieta. A lente pode durar até 15 anos.

Tecnologia no consultório

Outro recurso que já existe no mercado é o Cerec, um sistema de origem alemã criado para a confecção de próteses dentárias. A partir de uma câmera de escaneamento de alta precisão, que pode ser usada tanto intra quanto extraoral, são obtidas imagens fiéis dos dentes do paciente. Com essas fotos é criado um projeto 3D da futura prótese ou faceta. Depois, os dentes são confeccionados em uma hora e meia a partir de materiais como cerâmica, resina, acrílico ou até mesmo cera. “Depois que sai da máquina, é preciso pintar, colocar transparência, textura. Vai sempre precisar uma parte artística do técnico”, afirma a dentista.

Paciente precisa ter quadro saudável

Embora as lentes de contato dentais tenham se popularizado, é importante que o paciente procure por um especialista neste tipo de procedimento, pois se trata de uma aplicação bastante delicada. O método é recomendado para pessoas que estejam dentro de um quadro saudável, com todos os dentes de trás, sem perda de mordida, sem bruxismo exagerado. A aplicação pode ser feita em apenas um dente, mas, em média, os procedimentos envolvem a cobertura de seis dentes. Os cuidados pós-procedimento são os mesmos do que com a dentição normal: escovação diária e uso do fio dental, além de evitar hábitos como roer unhas.

Sorriso natural

O sorriso nunca foi um problema para o cantor Saimon Kovalsky, do Grupo do Bola, por isso ele demorou a aceitar a sugestão para colocar as lentes de contato dentais. “Estava com um pouco de medo, tem algumas pessoas que fazem e ficam com sorriso meio falso, dentes grandes demais, muito branco, e eu tinha esse receio, porque sempre tive dentes retinhos, então não era um problema pra mim”, confessa. Convencido pelo empresário do grupo, Saimon aceitou ir a uma consulta e topou fazer um mockup para ver como ficaria. Cinco dias depois, já estava com um novo sorriso. “Só coloquei lente nos dentes do lado e mudou total. Antes parecia que tinha os dentes muito menores. O ajuste foi pouco, mas mudou muito”, comemora.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE