Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Transparência

Alunos da Facensa criam aplicativo que monitora a presença dos vereadores

Objetivo é contribuir para o controle da frequência dos vereadores nas sessões do Legislativo


Tuhana Pinheiro/Tuhana Pinheiro/Divulgação
Alunos da Facensa criaram o aplicativo
A noite da segunda-feira (4) foi um marco importante para a Faculdade CNEC Gravataí (Facensa), especialmente para o curso de Sistemas de Informação, com a entrega oficial do aplicativo denominado ‘LegislaBem’ ao Observatório Social de Gravataí e Glorinha. Presentes ao evento acadêmicos, professores e direção da faculdade e os representando o Observatório Social Luiz Fernando Rodrigues, Carla Fatima Pereira e Eloiza Espírito Santo.

O APP foi criado pelos acadêmicos do curso de Sistemas de Informação, sob a orientação do professor João Elison da Rosa Tavares. O objetivo do aplicativo é contribuir para o controle da frequência dos vereadores nas sessões ordinárias, extraordinárias e solenes da Câmara de Vereadores. “Iremos utilizar o ‘LegislaBem’ para a prática da cidadania, por meio do Controle Social, monitorando a Câmara de Vereadores. E o mesmo poderá ser utilizado por voluntários dos Observatórios de outras cidades”, diz a voluntária do Observatório Social Carla Fátima Pereira.

O aplicativo funcionará através de um sistema onde irá constar a listagem dos vereadores e relatórios com indicadores acumulativos das presenças ou ausências semanais, mensais ou anuais, agilizando os registros e a análise nas sessões.

Compromisso social

O professor João Tavares disse ser uma satisfação ver os alunos desenvolvendo projetos desse tipo, pois estão aplicando na prática os conhecimentos obtidos em sala de aula. Já a diretora da faculdade, Eunice de Oliveira agradeceu a disponibilidade e o comprometimento dos professores e dos acadêmicos, salientando que projetos como este evidenciam a missão da, CNEC que é promover a educação integral com compromisso social.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE