Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Tecnologia
Menos lacônico

Twitter testa aumento do limite de postagem para 280 caracteres

Empresa começou testes para aumentar limite das postagens, para tentar frear uma queda que provavelmente é irreversível
27/09/2017 18:04 04/10/2017 23:48

Logotipos do Twitter. Rede social de microblog está testando ampliar limite de caracteres de 140 para 280O Twitter já colocou em testes um aumento do limite de caracteres para postagem. Um pequeno grupo de usuários já pode fazer posts com 280 caracteres, exatamente o dobro dos clássicos 140 do site de microblog. Em uma postagem oficial em inglês, o Twitter justificou a medida e começou a preparar os usuários para sua implementação em escala maior.

Segundo a comunicação assinada por Aliza Rosen, gerente de produto do Twitter, a empresa está se pautando pela análise de postagens. O Twitter concluiu que usuários que postam em chinês e japonês, por exemplo, não costumam chegar perto do limite de postagem, porque suas línguas permitem expressar mais conteúdo com menos texto. Já os usuários de línguas como inglês, português e espanhol costumam postar mais próximo do máximo, indicando que poderiam aproveitar mais espaço.

A ampliação está sendo testada em etapas. O Twitter também está preocupado com a reação dos usuários, que Aliza comenta que poderiam ter uma ligação "emocional" com os clássicos 140 caracteres, por isso a empresa estaria sendo "transparente" e implementando a novidade aos poucos, com discussão prévia.

De fato, está havendo reação. Menos de um dia após o anúncio, já há fóruns e usuários reclamando que o novo limite descaracteriza o site de microblog. Outros, mais ironicamente, apontaram que agora Donald Trump vai poder falar o dobro de bobagens.

A verdade é que o Twitter está adotando medidas desesperadas para tentar frear a queda de usuários. A plataforma tem testado outras medidas tentando reconquistar usuários perdidos para outras redes sociais. Já havia sido anunciado que as URLs e links de imagens e vídeos não descontam mais do limite de caracteres, por exemplo.

Nos últimos anos, houve uma concentração violenta de redes sociais em redor de poucas gigantes da Internet. O Facebook atualmente controla o Instagram e o WhatsApp, outrora concorrentes seus. O Google domina o Youtube. O Facebook conseguiu esvaziar o momento de um de seus maiores rivais, o Snapchat. É possível que algo muito parecido atinja o Twitter, ainda mais em um período em que as mídias que chamam a atenção começam a ser as audiovisuais, aproveitando a facilidade de produção deste conteúdo nos smartphones.


 


Diário de Cachoeirinha

Tecnologia

por André Moraes
andre.moraes@gruposinos.com.br

André Moraes é editor de Tecnologia do Jornal NH. Sua experiência profissional inclui o jornalismo de divulgação científica, publicações técnicas e reportagem de tecnologia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE