Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Educação no trânsito

Prefeitura realiza ação pelo uso da faixa de pedestres

Conscientização sobre a importância do uso da faixa foi uma das temáticas de atividade da Secretaria de Mobilidade

Bailarinas na avenida: apresentação artística tem o objetivo de conscientizar pedestres sobre a segurança no trânsitoAtropelamentos na cidade vitimaram pedestres que não fizeram a travessia de forma segura nas últimas semanas. “Para evitar situações como esta, o Setor de Educação para o Trânsito realiza periodicamente uma esquete teatral voltada ao público idoso, visando diminuir o índice de atropelamentos envolvendo pessoas nessa faixa etária”, lembrou a coordenadora do Setor, Rose Dotte. Há ainda atividades voltadas para o público infantil, nas vésperas de feriados, em datas comemorativas, entre outras ações.

De acordo com o Detran/RS, de 2010 a 2016, o número de acidentes e vítimas fatais na cidade mantém uma média de 10,5 por ano, cada uma das ocorrências: foram 73 acidentes e 74 vítimas no período. A grande maioria das mortes acomete os homens: 78%. Além disso, as mortes se concentram na faixa etária dos 18 aos 29 anos e 65 aos 74 anos, ou seja, os jovens e os idosos são o público mais vulnerável à violência no trânsito.

Outro dado que chama a atenção: 65% das vítimas fatais são de pedestres e motociclistas. O atropelamento é o que mais mata (35,6%), seguido da colisão de veículos (31,5%). O dia da semana que mais faz vítimas é o sábado à noite.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE