Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
PUBLICIDADE
Dia B

Um dia de beleza e solidariedade na Câmara de Cachoeirinha

Câmara de Vereadores, Viva Mulher, Tecendo Amor e Instituto Embelleze realizaram o Dia B de solidariedade

Diléa Fronza/GES-Especial
Presidente Marco Barbosa, primeira-dama Vanessa Morais aprenderam a tecer com a Beatriz Andrade do Tecendo o Amor
A quinta-feira (10) foi de muita beleza e solidariedade na Câmara de Vereadores de Cachoeirinha. O Legislativo, em parceria com o Comitê Viva Mulher, o projeto Tecendo Amor e Instituto Embelleze realizaram o Dia B. Quem passou pelo local e levou um agasalho ou um novelo de lã pode cortar o cabelo, ser maquiado e receber diversas dicas de beleza.

Segundo a primeira-dama Vanessa Morais, a parceria com a Câmara para a Campanha do Agasalho surgiu com o desfile ocorrido no Shopping do Vale. “A proposta é auxiliar a assistência social do município na campanha e incentivar a solidariedade da população. A ação do Dia B visa incentivar as pessoas a receber e doar. Enquanto ajudam quem precisa com um agasalho, as pessoas também são ajudadas com um corte de cabelo, maquiagem”, explicou.

Já o presidente Marco Barbosa, enfatiza que é sempre importante a aproximação com a comunidade. “O Legislativo se envolve com a Campanha do Agasalho e cedeu este espaço para a ação para ter esta interação com o Viva Mulher e a população. É uma maneira também da nossa comunidade conhecer a nossa casa”, contou.

Elas gostaram

Diléa Fronza/Diléa Fronza/GES-Especial
Vera aproveitou para cortar o cabelo e doar lãs e agasalhos
Maquiada, Orlandina Borges, 70 anos, aproveitou a tarde. “Trouxe alguns novelos de lã e fiquei para participar. Vou para casa feliz de ajudar as pessoas e ainda mais bonita”, disse. Já Glauci Lacerda da Luz, aluna do curso de maquiagem do Instituto Embelleze, acredita na importância da solidariedade. “É um evento muito bom. Para gente aprender, ajudar quem precisa e ver as pessoas felizes”, garante. Vera Barcellos voltou para casa de cabelo cortado. “Saio daqui com outro astral e sabendo que alguém foi ajudado”, garantiu.

Para Beatriz Andrade, do Tecendo Amor que neste ano já produziu 1780 peças de lã, a ação vai ajudar na continuidade do trabalho. “O frio passa mas a gente continua produzindo as peças para doação. Estamos sempre precisando de lã para poder ajudar”, afirmou.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE