Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

PUBLICIDADE
Serviços

Greve dos servidores afeta a comunidade

Paralisação dos municipais não tem previsão de terminar

Katterina Zandonai/GES-ESpecial
Moradoras caminharam mais de meia hora para conseguir tomar vacina
A greve dos servidores da prefeitura de Cachoeirinha está afetando o atendimento em escolas e postos de saúde. A paralisação que ocorre desde o dia 6 de março, não tem previsão para terminar. Segundo o Sindicato dos Municipários, 60% da categoria aderiu a greve, já o governo não fala em números. 

A comunidade reclama que os postos de saúde não têm médicos para atender e em muitas escolas, os professores reduziram o horário de atendimento. Com a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Beija-Flor do Bosque funcionando em apenas um turno, a autônoma Gabriela Machado teve que ficar em casa pra cuidar da filha. “Isso prejudica no rendimento escolar dela e no meu rendimento financeiro do mês. Apesar disso, prefiro ficar com ela, pois fico com medo de deixar na casa dos outros.”

Jéssica Lopes, do bairro Moradas do Bosque, teve dificuldade em conseguir um posto para fazer o teste do pezinho na filha Vitória. “Já fui em cinco postos e muitos não estão fazendo por causa da campanha de vacinação e outros por causa da greve. Acho isso um absurdo”, lamenta.

A dona de casa Zely Nunes da Silva encarou mais de meia hora de caminhada ao lado da filha e da neta da Vila Anair até a Unidade Básica de Saúde Caic Granja Esperança. “O posto do nosso bairro está em greve, resolvemos vir aqui para tomar a vacina da gripe por volta das nove horas e já tinham acabado as fichas. Graças a Deus minha neta conseguiu, mas eu terei que vir outro dia.” Com o braço doendo, a pequena Lavynia dos Santos Ferreira preferiu o colo da mãe para voltar para casa. “Agora o caminho de volta será mais difícil”, afirma Zely.

A falta dos serviços de qualidade, de fichas para a vacinação e comunicação deixou o morador Paulo Roberto de Souza irritado. O idoso de 66 anos também tentou tomar a vacina da gripe, mas não conseguiu. “Vim de longe, pois o posto em que utilizo está em greve e não estão vacinando. Terei que voltar outro dia mais cedo.” O drama da auxiliar de serviços gerais Jéssica Gomes é ainda maior. “Minha filha não conseguiu tomar a vacina da gripe, faltei serviço e ainda tenho que correr para deixar ela na casa da minha vizinha, pois ela está sem aula.”

A moradora de Gravataí Maria Silva Tolentino também teve sua rotina alterada. Com a greve dos servidores da escola do neto em Cachoeirinha, ela precisa diariamente se deslocar até a cidade vizinha para cuidar do pequeno enquanto o filho e a nora trabalham. “O dia que tenho médico, a outra vó fica. Está sendo um transtorno para todo mundo, não vejo a hora dessa greve acabar”, reclama.

Entenda melhor

As negociações entre o Sindicato dos Municipários de Cachoeirinha (Simca) e a Prefeitura não avançaram. O presidente do Simca, Guilherme Runge, afirma que o governo não deu nenhuma posição para acabar com a greve. Conforme o Secretário de Governança e Gestão, Juliano Paz, a administração continua estudando uma alternativa para retomar a normalidade dos serviços.

Vacinação da gripe

Para a vacinação contra a gripe, estão sendo distribuídas nas unidades de saúde, 30 fichas por turno. É importante salientar que a maioria dos postos estão disponibilizando a vacina em turno integral como UBS Parque da Matriz, UBS COHAB, UBS Getúlio Vargas, UBS Jardim do Bosque, ESF Jardim Bethânia e UBS Camões. As unidades UBS Décio Martins Costa e UBS Granja Esperança estão com atendimento apenas no turno da manhã. Já a UBS Osvaldo Cruz, pelo turno da tarde. A campanha de vacinação ocorre até 26 de maio. Informações no site e página do Face da Prefeitura.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS