Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

PUBLICIDADE
Polícia

Letras de funk seriam motivo de execução

Dois jovens de Alvorada foram mortos em Cachoeirinha

Divulgação Polícia Civil/Divulgação Polícia Civil
Dupla teria vindo se encontrar com mulheres, quando foram alvejados
“Balinha vai tomar de vários pentes, se tu entrar aqui na favela da gente (...)” Assim começa uma das letras de funk feitas pelo MC Bruninho. O seu nome é Bruno Almeida Pereira. Ele foi vítima de uma emboscada, juntamente com Anderson Oliveira dos Santos, ambos de 20 anos, na noite do último domingo, nas proximidades da ponte de Cachoeirinha.

Moradores de Alvorada, eles teriam sido mortos com mais de 20 disparos e o motivo seria as ameaças feitas nas letras de MC Bruninho a líderes de uma grande facção rival, que comanda o tráfico na região metropolitana.

Nesta mesma música citada no início do texto, MC Bruninho afirma que seu grupo criminosos possui inclusive “Parafal”, um fuzil de calibre 7,62mm, para “furar” quem fosse até a sua boca (de tráfico de drogas), em Alvorada. Ele também, jura de morte pelo menos três homens, que seriam da facção rival e que teria sua base em Porto Alegre.

Emboscada

Segundo a investigação, que está a cargo da 1a Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, os dois mortos foram atraídos para uma emboscada depois que marcaram um encontro com mulheres pelo WhatsApp. Quando chegaram no local marcado, pelo menos três homens, que tripulavam um carro vermelho, atiraram várias vezes contra o Fiat Uno branco que estavam, usando um fuzil, pistola 9mm e espingarda calibre 12.

MC estava em liberdade fazia pouco tempo

Divulgação Polícia Civil/Reprodução/Facebook
Bruno em foto produzida de sua vida artística
Nas redes sociais, MC Bruninho afirmava que apresentações em Gravataí e Cachoeirinha deveriam ocorrer no último sábado, mas não revela o motivo do cancelamento. em outro post, ele destaca sua vontade em fazer show com o Nego do Borel.

Analisando um pouco mais a linha do tempo de Bruninho, é possível ver que ele está em liberdade faz pouco tempo. Do seu período no Presídio Central, vazou um vídeo em que ele promete “tomar a Alvorada de volta”.

O vídeo seria uma das principais motivações para as mortes, e prova do ataque, conforme a polícia civil.

Grande movimentação

Divulgação Polícia Civil/Arquivo pessoal
Movimentação na avenida Flores da Cunha
A morte dos dois jovens, por volta das 21 horas de domingo, na parada 47, gerou grande movimentação na Avenida Flores da Cunha, nas proximidades da ponte de entrada da cidade (foto). A Brigada Militar foi acionada e preservou o local, até a chegada da equipe de perícia, já que as vítimas morreram na hora. A cena chamou a atenção de dezenas de curiosos, já que o local é na área central de Cachoeirinha.

Linha de investigação

Divulgação Polícia Civil/Arquivo/GES
Delegado Leonel Baldasso
O titular da 1ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, delegado Leonel Baldasso, afirma que as primeiras informações não ligam as duas vítimas com a cidade de Cachoeirinha. “Eles estariam aqui apenas por conta de um encontro com mulheres, marcado pelo WhatsApp. Por isso, nossa linha de investigação parte de emboscada.”

Baldasso também pede para que os nomes da facções criminosas da qual as vítimas pertenceriam e a rival, mandante do crime, não sejam divulgadas. “Porque a divulgação dos nomes, principalmente da facção autora do crime, é vista por eles como uma forma de poder, o que não agrega em nada à sociedade.” Ele afirma que está buscando testemunhas do crime e as pessoas que trocaram as mensagens com a dupla, marcando o encontro. “Queremos chegar nos executores, para depois encontrarmos os mandantes da execução.”


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS